16/12/2016 - DÉBITOS

Pessoas físicas e empresas poderão parcelar dívidas com a Receita


 

O programa de regularização de dívidas tributárias anunciado hoje (15) pelo governo valerá para pessoas físicas e empresas, mas abrangerá apenas dívidas com a Receita Federal e com a Previdência Social vencidas até 30 de novembro de 2016. Débitos inscritos na dívida ativa não estão incluídos no parcelamento.

Quem questiona na Justiça alguma dívida com a Previdência ou a Receita terá de desistir do processo para aderir ao refinanciamento. As empresas terão um benefício adicional e poderão abater créditos tributários (recursos que têm direito a receber do Fisco) e prejuízos de anos anteriores do saldo remanescente das dívidas. Nesse caso, as perdas precisarão ter sido apuradas até 31 de dezembro de 2015 e declaradas até 30 de junho deste ano.

 

Grandes empresas

Para as grandes empresas, que declaram pelo lucro real, haverá duas opções. Pagamento de 20% da dívida à vista e quitação do restante do débito com créditos tributários ou prejuízos fiscais. O saldo remanescente será parcelado em até 60 meses.

A empresa também poderá parcelar a entrada de 20% em 24 meses, com valores crescentes, de 9,6% do total da dívida no primeiro ano (cada parcela: 0,8% da dívida) e 14,4% no segundo ano (cada parcela: 1,2% da dívida). O saldo remanescente poderá ser quitado em até 60 meses a partir do 25º mês.

 

Pessoas físicas

Para as demais empresas e as pessoas físicas, as opções serão o pagamento de 20% do débito à vista e o parcelamento do restante em até 96 meses (cada parcela: 0,83% da dívida). Outra possibilidade é dar uma entrada de 21,6% parcelada em 36 vezes com valores crescentes: 6% no primeiro ano (cada parcela: 0,5% da dívida), 7,2% no segundo ano (cada parcela: 0,6% da dívida) e 8,4% no terceiro ano (cada parcela: 0,7% da dívida). O restante da dívida, nessa modalidade de renegociação, será parcelado em 84 parcelas lineares. Cada parcela equivalerá a 0,93% da dívida.

 

Fonte: Agência Brasil


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


19/05/2017 - Durante pronunciamento, Temer afirma que não irá renunciar


18/05/2017 - Prazo para inscrição no Enem termina nesta sexta-feira


18/05/2017 - Maconha entra na lista de plantas medicinais


16/05/2017 - Acidente de trânsito é a principal causa da morte de jovens, diz OMS


12/05/2017 - Saque de contas inativas do FGTS começa hoje para nascidos entre junho e agosto


09/05/2017 - Começa sexta saque de contas inativas do FGTS para nascidos entre junho e agosto


08/05/2017 - Em média, trabalha-se 25 dias para comprar um smartphone


04/05/2017 - Dia das Mães deve injetar cerca de R$ 14 bi em comércio e serviços


03/05/2017 - Boleto vencido poderá ser pago em qualquer banco a partir de julho


01/05/2017 - Quem não votou nas últimas eleições tem até amanhã para regularizar situação


28/04/2017 - Trabalhadores de várias categorias param hoje em todo o país


25/04/2017 - País registrou queda no número de celulares e de TV por assinatura, diz Anatel


24/04/2017 - Quem não votou nas últimas eleições deve regularizar situação até 2 de maio


18/04/2017 - Idade mínima para aposentadoria das mulheres deve ser menor, diz relator


13/04/2017 - Previdência: idade na transição pode ser de 50 anos para mulher e 55 para homem


12/04/2017 - Caixa reduz juros do rotativo do cartão de crédito


11/04/2017 - Procon-SP aponta variação de até 106,57% em ovos de Páscoa


11/04/2017 - Inep libera hoje os espelhos da correção do Enem 2016


10/04/2017 - Inep publica edital do Enem; taxa de inscrição será de R$ 82


07/04/2017 - No Dia Mundial da Saúde, OMS alerta sobre depressão


06/04/2017 - Estupro pode se tornar crime imprescritível


20/03/2017 - Com a crise, fiado volta a ganhar força


20/03/2017 - Estudantes podem concorrer a partir de hoje a vagas não preenchidas do Fies


18/03/2017 - Sabor ruim denuncia a carne vencida, que causa enjoo e diarreia


14/03/2017 - Candidatos na lista de espera do ProUni devem comprovar informações até esta terça


11/03/2017 - Número de cesarianas cai pela primeira vez no Brasil


09/03/2017 - Mais de 500 mulheres são agredidas por hora no Brasil, mostra pesquisa


06/03/2017 - Número de mulheres que são mães após os 40 anos cresce 49% em duas décadas


03/03/2017 - TV por assinatura perde clientes no país


02/03/2017 - Contribuintes podem entregar declaração do Imposto de Renda a partir de hoje