07/10/2017 - EDUCAÇÃO

"Nenhuma criança fora da escola", este é o objetivo da Prefeitura de Paraguaçu em 2018


 


Das 60 salas em período integral, ficarão apenas 27 e outras 49 salas serão em período parcial
 

“Nenhuma criança fora da escola”, este é o objetivo do Departamento de Educação de Paraguaçu Paulista em 2018. O município tem hoje uma demanda reprimida de 300 alunos, aguardando vagas nas escolas. Por conta disso, teve que tomar algumas medidas para sanar o problema. Demanda esta que já existia.

De acordo com a diretora de Educação, Elza Pacheco, a lei diz que em relação a educação infantil, o poder público tem obrigatoriedade de oferecer período parcial para toda criança que procura vaga. “Precisamos atender. O que acontece aqui em nossa cidade é que temos mais de 300 crianças fora da educação infantil, em uma demanda reprimida. Temos 300 crianças fora da escola e isto é ilegal. Precisamos trabalhar a legalidade. Precisamos oportunizar. A própria Lei de Diretrizes e Bases da Educação, com as alterações promovidas no ano de 2013, estabeleceu a jornada parcial ou integral para a educação infantil. Vale dizer, se a própria Lei Federal estabelece o turno parcial para a educação infantil, não há como obrigar o Poder Público Municipal a fornecer vagas em período integral, tendo em vista que tal oferta depende da disponibilidade e discricionariedade da administração pública, que precisa administrar os seus escassos recursos para atender o maior número possível de crianças e garantir o direito à educação de todas, com base nos princípios da razoabilidade e proporcionalidade”, ressalta Elza.

No entanto, enfatiza-se que a legislação em vigor que regulamenta o direito constitucional à educação, embora preveja expressamente a garantia do direito à educação infantil, não obriga que o ensino seja ofertado pelo Poder Público em período integral.

Ainda segundo a diretora, Paraguaçu oferece vagas na creche somente em período integral. “Se uma família precisa só do parcial pelo fato de poder ficar meio período com a criança em casa, ela não tem essa oferta”, diz.

Paraguaçu tem hoje, 60 salas em período integral. Baseados na lei nos reorganizamos para em 2018 oferecer 27 salas integrais e 49 parciais. Atendendo todos os alunos já matriculados e os demais que estavam na lista da demanda reprimida. Ao longo do ano, a promotoria nos manda matricular alunos que estão fora da escola e somos obrigados a atender e os professores tendo salas superlotadas. O que a população precisa entender é que tudo está sendo feito de uma forma justa e humana. Nós precisamos olhar o outro. Aqui na nossa cidade quantas crianças precisam da rede municipal para estudar e a lei diz que somos obrigados a dar a vaga parcial. Não podemos oferecer só o período integral. Entretanto, ofereceremos 27 salas em período integral para familiares que todos os responsáveis trabalhem 8 horas diurno e atendam os critérios de classificação. Sabemos que isso não será fácil, mas precisamos arrumar e essa é a única solução legal e moral”, frisa.

Não há dispositivo constitucional ou na Lei 9394/1996 que obrigue os Municípios a oferecerem a educação infantil em tempo integral.

Familiares são atendidos na escola um a um para que possa entender os critérios classificatórios do direito a vaga integral.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


11/12/2017 - Arma que seria utilizada para roubo é apreendida pela Força Tática


11/12/2017 - Associação do Câncer realiza Bazar do Amor, nos dias 15 e 16


11/12/2017 - Correios de Paraguaçu ainda tem carta do Papai Noel para adoção


11/12/2017 - Presidente da OAB de Paraguaçu participa de maior evento jurídico do mundo


09/12/2017 - Raio causa susto em família de Paraguaçu Paulista


09/12/2017 - Unimed Assis reúne cooperados com equipe clínica de Marília


09/12/2017 - 1º Amicão acontece neste domingo na Praça da Matriz


09/12/2017 - Honrando compromissos, prefeita antecipa pagamento do 13º aos funcionários


09/12/2017 - Paraguaçu tem programação extensa de Natal


09/12/2017 - Bando Carcara Moto Clube promove Tardão Solidário em Paraguaçu


09/12/2017 - Apae Noel homenageia história da cidade e dá show no Recanto Gaúcho de Paraguaçu


09/12/2017 - ACE traz Papai Noel chega nesta próxima semana e comércio inicia horário especial


08/12/2017 - Vitor Bini recebe gerente do Santander após requerer ampliação do atendimento em Paraguaçu


08/12/2017 - Projeto Eco.Vale Verde do Civap realiza destinação correta para 2 toneladas de pilhas e baterias


08/12/2017 - Caminhão derruba parte de carga ao passar sob viaduto em Paraguaçu Paulista


07/12/2017 - Etec de Paraguaçu Paulista abre inscrições para cursos técnicos gratuitos


07/12/2017 - Vereadores se reúnem com representantes do Departamento de Esportes e Lazer para balanço de 2017


07/12/2017 - Espaço em homenagem ao vereador João Rio será inaugurado no próximo dia 14


06/12/2017 - Lar dos Idosos realiza eleição da nova diretoria e elege Natal Canevari como presidente


06/12/2017 - Rotaract faz entrega de perucas confeccionadas para pacientes com câncer


06/12/2017 - Alunos da Etec apresentam Trabalhos de Conclusão de Curso


06/12/2017 - Departamento de Esportes realiza última rodada de Futsal Categoria Livre


05/12/2017 - Paraguaçu realiza 27ª Prova Pedestre José de Oliveira Melo


05/12/2017 - Jovem é preso com quase um quilo de maconha na Barra Funda


05/12/2017 - Câmara aprova projeto da prefeita Almira Garms visando a restituição de recursos ao Estado de SP


05/12/2017 - Câmara aprova projeto que estabelece a transmissão em tempo real dos processos licitatórios


05/12/2017 - Farmácia de Manipulação de Paraguaçu passa por auditoria


04/12/2017 - Mulher sai de Paraguaçu e é presa no PR com mais de 30 kg de cocaína


04/12/2017 - Conheça os fios que prometem substituir a plástica facial


04/12/2017 - Kombat Center faz homenagem para funcionária que completou 20 anos de empresa