14/11/2017 - AGRESSÃO

Carcereiro é agredido por preso na cadeia de Lutécia; assista ao vídeo


Após o fato, funcionários do local denunciaram a falta de infraestrutura e efetivo. Segundo eles, no dia da agressão, vítima estava sozinha e deveria ter pelo menos mais um carcereiro.

 


Imagens mostram carcereiro sendo agredido na cadeia de Lutécia
 

OTEM Notícias teve acesso nesta segunda-feira (13) ao vídeo do circuito de segurança da cadeia de Lutécia (SP) que mostra um dos carcereiros do local sendo rendido e agredido por um dos presos. O fato aconteceu no dia 2 de novembro e nesta segunda-feira, a vítima falou sobre o ataque.

O preso que aparece nas imagens foi o último a ser recolhido porque era o responsável pela faxina do local. Mas, em vez de entrar na cela ele parte para cima do carcereiro. A vítima que não quis se identificar conta que o preso carregava uma faca feita artesanalmente.

 


Preso rendeu o carcereiro com uma faca artesanal quando era recolhido à cela em Lutécia (Foto: Reprodução/ TV TEM)

 

“Nesse momento ele me pega de surpresa com um objeto que a gente chama de 'espeto', que uma espécie de faca artesanal que eles fazem com alguns metais que eles tiram das grades, das telas, e ele enfia no meu pescoço e ele fala que era para fugir, que eu não me mexesse e que ele iria me matar."

A agressão dura quase três minutos e durante esse período a cela permaneceu aberta. A vítima conta que dentro dela havia outros quatro presos.

“Os demais presos não saíram do xadrez e eu não sei o motivo. E eu entendi que foi uma iniciativa dele. Eu fiquei com medo de morrer, ele não tem nada a perder, eu tenho a minha vida toda pela frente.”

 


Preso também chega a render outro detento quando o carcereiro consegue se soltar em Lutécia (Foto: Reprodução/TV TEM)
 

As imagens mostram ainda que o carcereiro consegue se libertar e tranca um dos portões de acesso. O preso então faz outro detento refém e a violência só termina com a chegada do delegado.

A cadeia de Lutécia é para presos provisórios que aguardam uma vaga em uma penitenciária da região. O prédio fica junto com a delegacia e de acordo com a polícia tem em média 35 presos por dia.

Após a agressão, funcionários da cadeia denunciam que o local não tem infraestrutura adequada. Teria apenas um carcereiro por turno quando o obrigatório é no mínimo dois. Por isso a vítima estaria sozinha recolhendo o preso no dia da agressão.

Segundo o delegado seccional Newton Calasans Júnior, responsável pela administração da cadeia, a falta de efetivo não justifica a conduta do carcereiro. Para ele, a agressão poderia ter sido evitada.

 


Carcereiro contou os momentos de tensão após ser rendido pelo preso na cadeia de Lutécia (Foto: Reprodução/ TV TEM)
 

“Toda vez que o carcereiro entra na cadeia, tem que ter outro na porta, então naquele dia havia um carcereiro nas dependências da cadeia. Mesmo com um quadro enxuto, as necessidades são sempre atendidas”, afirma o delegado.

Um boletim de ocorrência por lesão corporal foi registrado contra o preso e ele foi transferido para a cadeia de Mirandópolis.

 

Fonte: G1 Bauru e Marília


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


21/06/2018 - CART realiza Programa de Restauração do Pavimento


21/06/2018 - Menino de 5 anos fica preso dentro de agência bancária após porta giratória travar em Assis


18/06/2018 - Homem fica ferido em explosão após tentar acender churrasqueira em Marília


18/06/2018 - Ao telefone, golpista alega estar com filha de idoso e vítima deposita R$ 8 mil para liberá-la


18/06/2018 - Trio rouba caminhão e abandona motorista em canavial em Rancharia


15/06/2018 - Moradora de Lutécia completa 105 anos de idade e se torna a pessoa mais idosa da cidade


15/06/2018 - Servente de pedreiro é resgatado após seis horas perdido em mata de Assis


15/06/2018 - Circuito Sescoop/SP de Cultura leva moda de viola à cidade de Assis


14/06/2018 - Aluno acusa professor de jiu-jitsu de agressão em academia de Marília


13/06/2018 - Funcionário de usina cai de barranco enquanto conduzia trator com transbordo


13/06/2018 - Corpo de Bombeiros leva 3h para controlar incêndio de grandes proporções em canavial em Rancharia


13/06/2018 - Atendente do Poupatempo ganha buquê de coxinha no Dia dos Namorados em Assis


12/06/2018 - 'Eu gritava, mas ele tampava a boca', diz idoso amarrado e queimado com cigarro durante assalto


11/06/2018 - Mulher morre após ser arremessada de veículo em acidente de trânsito em Martinópolis


11/06/2018 - Idosa sequestrada em Assis é encontrada em cativeiro por policiais


11/06/2018 - Bebê encontrado na lixeira em Macatuba é adotado após receber alta do hospital


11/06/2018 - Incêndio em caminhão carregado com óleo forma 'corrente de fogo' em rodovia de Assis


08/06/2018 - Motorista capota carro com 25 mil maços de cigarros após perseguição em Assis


08/06/2018 - Polícia investiga desaparecimento de idosa de 86 anos em Assis


07/06/2018 - Santa Casa de Assis e Hemonúcleo solicitam doações de sangue com urgência


07/06/2018 - Dentista suspeito de estupro é preso em hospital de Marília


06/06/2018 - Avião com a dupla Zé Neto e Cristiano faz pouso de emergência em Marília


06/06/2018 - Motorista que levava drogas morre após ser arremessada de carro ao fugir de abordagem da polícia


04/06/2018 - Recém-nascido é encontrado vivo sobre lixeira em Macatuba


04/06/2018 - Imagens de circuito de segurança ajudam a localizar caminhonete furtada no Centro de Martinópolis


04/06/2018 - Corpo de homem é encontrado em estado de decomposição em Assis


02/06/2018 - Homem é preso quando tentava furtar agência bancária no centro de Tupã


02/06/2018 - Acrobata mariliense morre em cachoeira na Itália


01/06/2018 - Um dia após ganhar galinhas, moradores de Bastos recebem doação de leite


31/05/2018 - Polícia de Marília apreende quase R$ 29 mil em dinheiro suspeito de ser do tráfico