04/12/2017 - ARTIGO

Educar com fome


Educar com fome corrobora para alunos desinteressados e uma nação cada vez mais subdesenvolvida.

 


 

Para muitas crianças que saem de casa sem o almoço, a merenda escolar é a única refeição do dia. Esta situação foi evidenciada através daquela criança de 8 anos que desmaiou de fome numa escola no Distrito Federal. Ofereciam apenas suco e bolacha, ao invés do cardápio exigido pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar. Segundo especialistas, esta situação se repete em muitas outras escolas pelo país.

Segundo o Correio Braziliense, a família desta criança vive com R$ 946,00 mensais. São aproximadamente 10 pessoas, num imóvel de 46 m2 e os irmãos menores estão sem creche. A aflição desta família deixa claro que as políticas de  transporte, alimentação e habitação precisam ser revistas no Distrito Federal e provavelmente em muitas outras cidades pelo país. Ante esta situação está a falta de fiscalização na aplicação do dinheiro da merenda escolar. São mais de R$ 4 bilhões anuais que deveriam ser revertidos em refeições de qualidade.

Em 2017, a Controladoria Geral da União identificou diversas falhas no controle da aplicação do dinheiro da merenda escolar e quadrilhas especializadas no desvio do dinheiro público. Para se ter ideia, há diversas prestações de contas de estados e municípios sem análises. O resultado nós já conhecemos: merenda fraca e cara.

A diretora de creche Patricia Matias Almeida, Palmas -TO e a professora Roberta Rodrigues Pereira, Campina Grande – PB, em entrevista ao Jornal Hoje do dia 23 de novembro, relatam a sensação de impotência diante destes fatos. Contam sobre a frequência com que professores e funcionários, sensibilizados com a situação, fazem “vaquinha” para comprar algo para atender os olhares famintos das crianças.

Todos nós podemos ajudar! Ao perceber que há algo de errado na aplicação dos recursos destinados à merenda escolar, o cidadão pode procurar o ministério público mais próximo para registrar a denúncia. Esta é sigilosa e pode ser feita na sede mais próxima do Ministério Público ou pela internet. Por exemplo, no estado de São Paulo a denúncia pode ser feita no endereço “mpsp.mp.br” e em Santa Catariana “mpsc.mp.br” .

Felizmente há exceções. Resido em Martinópolis, estado de São Paulo onde, minha esposa é educadora a mais de 10 anos no município. Os relatos que ouço dela quanto à merenda escolar são os melhores. Refeições diversificadas e de qualidade, com porções de frutas e legumes. Bem diferente das escolas noticiadas! Educar com fome corrobora para alunos desinteressados e uma nação cada vez mais subdesenvolvida.
 


Walter Roque Gonçalves
Consultor gerencial e financeiro de empresas, professor executivo da FGV/ABS  de Presidente Prudente | CRA 144.772 | Contato:(18)99723-3109 | consultoriaempresarialjk@gmail.com


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


20/02/2018 - Família libanesa, ex-moradora de Paraguaçu Paulista, retorna à Estância para matar a saudade


20/02/2018 - PTC inicia Escola de Futebol para associados


20/02/2018 - Paulista tenta comprar maconha na fronteira e acaba levando tabletes de erva mate para terére


20/02/2018 - É depressão pós-parto? Saiba mais sobre os sintomas


20/02/2018 - CART encerra Operação Carnaval sem registro de mortes nas rodovias


20/02/2018 - Cuidados básicos para manter a saúde e o bem estar dos pets


19/02/2018 - Projeto de mudança para o IMSS não vai prejudicar o servidor público de Paraguaçu


19/02/2018 - Paraguaçuense tem parte de perna amputada após acidente de trânsito


19/02/2018 - Assistência Social de Paraguaçu promove capacitação para melhorar atendimento à população


17/02/2018 - Saúde de Paraguaçu distribui mais de 7 mil camisinhas no Carnaval


17/02/2018 - Paraguaçu não terá Dia D Vacinação contra a febre amarela


17/02/2018 - Paraguaçu fica em 6ª lugar no 22º JORI


17/02/2018 - Prefeitura de Paraguaçu começa a notificar moradores para pagamento do IPTU


17/02/2018 - Capacitação prepara professores para ano letivo de 2018, em Paraguaçu


17/02/2018 - Policiais militares que atuam no Proerd são homenageados, em Paraguaçu Paulista


16/02/2018 - Quarenta jovens se preparam para disputar o 'Miss e Mister Paraguaçu 2018'


16/02/2018 - Espetáculo 'Super Tosco' se apresenta neste domingo em Paraguaçu Paulista


16/02/2018 - Energisa avisa desligamento programado de energia elétrica em pontos de Paraguaçu Paulista


16/02/2018 - Caseiros são presos após furtarem e abaterem gado em Paraguaçu Paulista


16/02/2018 - Jovem vai para a cadeia após tentar roubar loja de artigos para festa em Paraguaçu


15/02/2018 - Quase 100 jovens participam do 6º Acampamento Juvenil da Paróquia Nossa Senhora da Paz


15/02/2018 - Jovens são presos com mais de 1 kg de maconha em Maracaí


12/02/2018 - Usina Cocal é assaltada e funcionários rendidos em Paraguaçu Paulista


12/02/2018 - Curso gratuito de Operação e Manutenção de Tratores Agrícolas está com inscrições abertas


12/02/2018 - PM flagra adolescente dentro de loja tentando furtar aparelhos celulares


12/02/2018 - Mamãe Unimed está com inscrições abertas


12/02/2018 - Condenado por homicídio em Goiás é capturado em Paraguaçu Paulista


12/02/2018 - Escola Sesi está com inscrições abertas para Processo Seletivo de alunos


10/02/2018 - Carros colidem frontalmente e deixam 7 pessoas feridas na rodovia Paraguaçu/Quatá


10/02/2018 - Time do Emprego tem inscrições abertas em Paraguaçu Paulista