01/06/2018 - GREVE DOS CAMINHONEIROS

Um dia após ganhar galinhas, moradores de Bastos recebem doação de leite

Fonte: G1 Bauru e Marília


Sem ter como escoar produção por causa da greve dos caminhoneiros, donos de laticínios distribuíram produto que ficou parado. Antes, granjas deram galinhas que estavam sem ração.

 


Moradores levaram garrafas pet para receber o leite doado por produtores (Foto: Marcos Pontes/Arquivo pessoal)
 

Enquanto setores produtivos da cidade de Bastos (SP) ainda contabilizam prejuízos por conta da greve dos caminhoneiros, a população da cidade que é a maior produtora de ovos do país, segue recebendo benefícios.

Um dia após receber de graça galinhas de granjeiros que não tinham como alimentar suas aves, moradores da cidade fizeram fila para receber doação de leite feita por donos de laticínios que tinham o produto parada por falta de transporte.

Sem ter como estocar a produção, os produtores de leite fizeram a distribuição de cerca de 500 litros do produto. Os moradores fizeram fila em uma das ruas centrais da cidade para encher as garrafas pet.

Apesar da decisão dos laticínios, a situação mais preocupante segue sendo a dos produtores de ovos, que vêm registrando prejuízos e dificuldades, tanto no escoamento da produção, como no recebimento de insumos, como a ração.

Sem transporte para escoar o estoque, algumas granjas tiveram de improvisar galpões como depósito. Em uma delas, a reportagem da TV TEM encontrou caixas empilhadas com 1 milhão de ovos à espera de transporte.

A expectativa do setor, que responde por cerca de 25% de todo do ovo consumido no Brasil e 60% no estado, é que a situação melhore a partir da semana que vem.

 


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


20/11/2018 - Motorista de caminhão morre ao bater na traseira de carreta em Palmital


20/11/2018 - Empresário é baleado durante assalto no centro de Cândido Mota


19/11/2018 - Moradores se assustam com fenômeno no céu de Maracaí


19/11/2018 - Homem morre em troca de tiros com a Polícia Militar em Marília


19/11/2018 - Trio armado com revólver rouba policial militar em Marília


19/11/2018 - Ranchariense de 25 anos morre em acidente em rodovia de João Ramalho


17/11/2018 - Detran.SP leiloa 301 veículos em Marília


17/11/2018 - Morador de Rancharia morre em acidente na SP-294


16/11/2018 - Homem fingindo ser paciente de clínica é preso com 12 mil maços de cigarro em Assis


16/11/2018 - Bebê morre em acidente causado por motorista bêbado em rodovia de Assis


14/11/2018 - Unimed Assis realiza ação especial em alusão ao Dia Mundial do Diabetes


14/11/2018 - Rapaz morre após queda de penhasco em Marília


14/11/2018 - Polícia descobre fundo falso em assoalho de caminhão e apreende mais de 670 kg de maconha


13/11/2018 - Jovem morre e três pessoas ficam feridas em capotamento de caminhonete em Tupã


13/11/2018 - Jardim Sensorial recebe primeira visita monitorada


13/11/2018 - Trabalhador rural mata amigo a facadas e ainda bebe sangue da vítima misturado a cachaça


12/11/2018 - 5.298 kg de entorpecente são encontrados em propriedades de Usina da região


12/11/2018 - Homem é encontrado morto dentro do forro de residência


10/11/2018 - Projeto Nossa Energia faz parada em Maracaí na próxima semana


10/11/2018 - O Hospital Espírita de Marília (HEM) inicia na segunda-feira (12) mais uma edição da campanha Natal


09/11/2018 - Dois homens são presos por tráfico de drogas em Assis


09/11/2018 - Ambulância capota e deixa feridos em rodovia de Marília


09/11/2018 - Dono de galos é multado em R$ 51 mil por maus-tratos em Cândido Mota


08/11/2018 - Médicos de equipe de resgate fazem parto de mulher em rodovia na região de Marília


07/11/2018 - Polícia Rodoviária apreende 80 tabletes de maconha em rodovia da região de Assis


03/11/2018 - Caminhão tomba e caixas ficam espalhadas por rodovia em Assis


02/11/2018 - Jovem é encontrado morto dentro de veículo em Assis


01/11/2018 - Unimed Assis promove ações do Outubro Rosa


01/11/2018 - Tombamento de caminhão mata motorista em rodovia de Rancharia


01/11/2018 - Burro vítima de maus-tratos é pichado e escapa do 'abate' após ser comprado por R$ 200 em Marília