03/07/2018 - SOLIDARIEDADE

Santa Casa de Assis participa de ação sobre doação de sangue

Fonte: Assessoria


A ação foi uma iniciativa da Prefeitura de Palmital e envolveu também o Hemonúcleo do Hospital Regional de Assis.

 


 

No dia 18 de junho, a equipe da Agência Transfusional da Santa Casa de Assis participou de uma ação junto com o Hemonúcleo do Hospital Regional de Assis na empresa Tereos. O evento foi promovido pela Prefeitura Municipal de Palmital por intermédio de Vanessa da Silva Nogueira Coco, da Secretaria de Saúde, do referido município.

O objetivo da ação foi sensibilizar e orientar os colaboradores sobre como funciona a doação de sangue, os requisitos necessários e a importância do ato de doar.

Edmar Luís de Oliveira, enfermeiro responsável pela Agência Transfusional da Santa Casa de Assis, ressaltou ‘‘É importante os municípios aderirem à campanha de conscientização da população, pois a referência regional de Ortopedia e Traumatologia é Assis e por sua vez são as especialidades cirúrgicas que mais utilizam bolsas de sangue do Hemonúcleo, abrangendo toda região do Vale Paranapanema’’, explica.

A assistente social do Hospital Regional de Assis, Maria Elenice Pinto Soares, enfatizou a dificuldade de manter o estoque de bolsas de sangue. ‘‘Não é de hoje que sofremos com o estoque baixo de sangue no Hemonúcleo, temos que agradecer a oportunidade que Palmital nos deu de divulgar o assunto, a importância do gesto e o impacto para nossa região’’, salienta.

Interessados em doar devem procurar diretamente o Hemonúcleo do Hospital Regional de Assis, localizado na Praça Dr. Symphrônio Alves dos Santos, s/n. O atendimento é realizado de 2ª a 6ª feira, das 7h às 11h.

Doar sangue é um gesto de solidariedade e cidadania, sendo que uma única doação pode salvar até três vidas.

Para doar: basta estar em boas condições de saúde; ter entre 18 e 65 anos (desde que a primeira doação tenha sido feita antes dos 60 anos); pesar no mínimo 50kg; estar bem alimentado; apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Carteira de Trabalho ou CNH). Homens podem doar sangue até 4 vezes no ano, respeitando intervalos de 60 dias. As mulheres podem doar até 3 vezes ao ano, com intervalo de 90 dias.

Alguns motivos que impedem temporariamente a doação de sangue: estar resfriado (neste caso aguarde 7 dias após o desaparecimento dos sintomas); Gestante; Parturiente: (neste caso deve aguardar 90 dias após o parto normal e 180 dias após a cesariana); Amamentando (aguardar 12 meses após o parto); ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas antes da doação; ter realizado tatuagem nos últimos 12 meses.

Não podem doar: pessoas com antecedentes de Hepatite, evidência clínica ou laboratorial de doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas, usuários de ilícitas injetáveis ou pessoas infectadas por Malária.

Para saber mais sobre a Santa Casa de Assis acesse www.santacasadeassis.org.br.



Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


22/02/2019 - Mulher fica gravemente ferida após acidente no centro em Assis


22/02/2019 - Homem morre eletrocutado durante trabalho em Assis


21/02/2019 - Mulher morre após aumento na dosagem de remédios em Marília


20/02/2019 - Ajudante de pedreiro é esfaqueado por esposa em Marília


20/02/2019 - Quatá realiza 1º Concurso Rei e Rainha do Carnaval


19/02/2019 - Rapaz que morreu na SP-333 cometeu suicídio, diz polícia


19/02/2019 - Acidente entre caminhões mata uma pessoa na SP-333, entre Assis e Marília


19/02/2019 - Mulher é presa suspeita de esfaquear marido após briga em Ourinhos


18/02/2019 - Idoso morre vítima de acidente de trânsito em rodovia de Rancharia


18/02/2019 - Dise apreende quase uma tonelada de maconha escondida em caminhão, em Tupã


18/02/2019 - Acidente mata jovem de 25 anos na rodovia SP-333 em Marília


18/02/2019 - Auxiliar de limpeza salva casamento de 55 anos após devolver aliança perdida por idoso em Marília


16/02/2019 - Justiça permite cultivo de maconha para tratamento em Marília


16/02/2019 - Caminhoneiro dorme ao volante e veículo tomba em rodovia de Tupã


15/02/2019 - Futebol amador de Quatá ganha treinador e se prepara para disputas


15/02/2019 - Ministério Público Federal pede prisão de Abelardo Camarinha


15/02/2019 - Cachorros são encontrados com órgãos genitais mutilados em Tupã


14/02/2019 - Foragido resiste à abordagem policial, investe contra PMs e morre baleado, em Martinópolis


14/02/2019 - Morre contador agredido durante briga no Clube da 3ª Idade em Assis


13/02/2019 - Mulher é atropelada em faixa de pedestres no centro de Assis


13/02/2019 - Idoso é resgatado em Marília após ficar sequestrado por dois dias


12/02/2019 - Mariliense vive momento de terror e tem moto roubada após negociação na OLX


12/02/2019 - Homem morre em troca de tiros com a polícia durante tentativa de furto a loja em Marília


12/02/2019 - Jovem é assassinada a tiro na porta de casa em Tupã; ex-namorado foi preso


10/02/2019 - PM encontra dinheiro do tráfico escondido dentro de bíblia em Maracaí


10/02/2019 - Homem assume traficar drogas e acaba preso na cadeia de Lutécia


10/02/2019 - Motorista bate em carro estacionado e capota veículo em Marília


10/02/2019 - Cão não abandona corpo de dono que morreu e comove bombeiros em Marília


09/02/2019 - Atleta tupãense escapa da tragédia no CT do Flamengo


09/02/2019 - Jovem morre afogado em açude na zona Oeste de Marília