07/08/2018 - FOGOS DE ARTIFÍCIO

Câmara aprova projeto que proíbe a utilização de fogos e outros artefatos em Paraguaçu

Fonte: Leonardo Volcean - Assessoria de Imprensa da Câmara


 

 

Reunida em Sessão Ordinária na segunda-feira, 6 de agosto, a Câmara de Vereadores aprovou por 11 votos favoráveis e 1 contrário projeto de lei complementar de autoria da prefeita Almira Garms, que trata da proibição da utilização, queima e soltura de fogos de estampido e de artifício, assim como de quaisquer artefatos pirotécnicos de efeito sonoro ruidoso nas áreas urbanas do município. O objetivo principal é preservar a saúde física e psíquica de pessoas e animais. Foi contrária ao projeto a vereadora Neide Teodoro.

De acordo com a justificativa da prefeita Almira, “não é objetivo acabar com os espetáculos e festejos realizados com fogos de artifícios, apenas proibir que sejam utilizados artefatos que causem barulho, estampido e explosões, causando risco à vida humana e dos animais. O benefício do espetáculo dos fogos de artifício é visual e é conseguido com o uso de artigos pirotécnicos sem estampido, também conhecidos como fogos de vista. Os fogos de artifícios silenciosos permitem espetáculos tão belos quanto os tradicionais e são muito menos nocivos”.

Os fogos de artifício com estampido, além de provocarem a poluição ambiental, são causadores de sérios prejuízos às pessoas, perturbam e resultam em transtornos irreparáveis a convalescentes, cardíacos, autistas, pessoas com deficiência, idosos e crianças.

Segundo dados do Ministério da Saúde, de 2008 a 2016, 4.577 pessoas foram internadas para tratamento por acidentes com fogos de artifício. Os atendimentos hospitalares decorrentes referem-se aos provocados por queimaduras, por lesões com lacerações e cortes; e por amputações de membros superiores, lesões de córnea, perda de visão, lesões do pavilhão auditivo e até perda de audição.

Os estrondos dos fogos de artifícios também provocam o medo e o pânico nos animais levando-os a reações descontroladas e perigosas. Os danos afetam tanto animais de estimação quanto animais selvagens, podendo levá-los até mesmo à morte. Em geral, o barulho das explosões repentinas causa nos animais uma reação instintiva de fuga desorientada.

Esta lei complementar entra em vigor na data de sua publicação.

 


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


16/02/2019 - PM apreende drogas com jovem, no interior de quarto e embaixo de árvore, em Paraguaçu


16/02/2019 - Carros ficam danificados após colidirem em cruzamento de ruas, em Paraguaçu


16/02/2019 - Prefeitura realiza solenidade do programa Frente de Trabalho


16/02/2019 - Vereadores reúnem-se na próxima segunda-feira às 19h


15/02/2019 - Policiais da Rocam recebem homenagem do Comando da 2ª Cia


14/02/2019 - PM flagra trio embalando drogas em casa da Barra Funda


14/02/2019 - Testemunhas de defesa são presas após mentir durante audiência em Paraguaçu Paulista


14/02/2019 - Paraguaçu Paulista se prepara para implantação de consórcio


13/02/2019 - PTC inicia venda de mesas para o Carnaval 2019


13/02/2019 - Prefeitura abre inscrições para Escolinha de Futebol de Base


13/02/2019 - Prefeita recebe grupo de mulheres para formalização de cooperativa de costureiras


12/02/2019 - Projeto leva conscientização sobre a causa animal para as escolas


12/02/2019 - Prefeitura divulga lista geral do programa Frente de Trabalho


10/02/2019 - Tiro de Guerra divulga lista dos concursos militares programados para o ano de 2019


09/02/2019 - Funcionário de usina é roubado durante o trabalho e fica sob mira de arma de fogo, em Paraguaçu


09/02/2019 - Projeto ASA ajuda crianças com dificuldades de aprendizagem


08/02/2019 - Cadastramento biométrico obrigatório começa a ser realizado em Paraguaçu e outras cidades da 12ª ZE


08/02/2019 - Filiadas ao PSDB são convocadas para Eleição Municipal do Secretariado da Mulher, em Paraguaçu


08/02/2019 - Frentista é preso após ser flagrado furtando combustível da própria empresa que trabalha


06/02/2019 - Lar dos Idosos apresenta remodelação da Galeria dos Presidentes e obras de benfeitorias no prédio


06/02/2019 - Escola Sesi está com inscrições abertas para Processo Seletivo de alunos


06/02/2019 - Vereadores apresentam 41 indicações durante Sessão Ordinária


06/02/2019 - Novo membro é eleito e Comissão de Inquérito deverá retomar trabalhos


06/02/2019 - Câmara define Comissão de Ética Parlamentar 2019


05/02/2019 - Prefeitura de Paraguaçu anuncia mais de 50 oportunidades de estágio para estudantes universitários


05/02/2019 - Deputado Camarinha destina recurso a pedido do vereador Ian Salomão


04/02/2019 - 'Helena Wirgues' parabeniza alunos que conquistaram vagas na Etec


03/02/2019 - Bevali pode dar para você um ano de seguro do seu carro


02/02/2019 - 'Ações Contra a Dengue': saiba o passo a passo para ser atendido


01/02/2019 - Vereadores reúnem-se na próxima segunda-feira para a primeira Sessão Ordinária do ano