08/09/2018 - CONQUISTA

Cocal acumula 100 milhões de toneladas na moagem

Fonte: Assessoria Cocal - Energia Responsável


 


A unidade de Paraguaçu Paulista, desde 1982 até setembro de 2018, moeu 63.631 milhões de toneladas
 

Com mais de três décadas no setor sucroenergético, na última quinta-feira (06/09) o Grupo Cocal atingiu a marca histórica de 100 milhões de toneladas no acumulado da moagem de cana-de-açúcar, somando a produção das duas unidades de negócio. Na unidade de Paraguaçu Paulista, desde 1982 até setembro de 2018, a companhia moeu 63.631 milhões de toneladas. Já na unidade de Narandiba, foram moídos 36.369 milhões de toneladas desde 2008.

 Segundo o diretor superintendente, Paulo Zanetti, foi uma trajetória de muito trabalho e fé nas pessoas e em Deus. “Além de representar a confirmação do desejo do fundador da empresa, Carlos Arruda Garms, em fazer da Cocal uma empresa transformadora nas regiões onde atua, trazendo benefícios econômicos e sociais, também é uma motivação para os que estão hoje na empresa, em estarem comprometidos com um futuro ainda melhor”, declara.

Quem acompanhou toda a trajetória para atingir esta marca foi o encarregado de transporte, Paulino Rosa de Oliveira, que entrou na Cocal no mesmo ano em que ocorreu a primeira moagem, em setembro de 1982. “Vi o primeiro caminhão jogar a cana na moagem, inclusive, dirigi um deles, porque comecei como tratorista. A cana era inteira, os equipamentos antigos, totalmente diferentes do que é hoje”, relembra.

 Paulino conheceu ainda o fundador da Cocal e relata que ele tinha o objetivo de fazer a indústria crescer. “O Carlos era uma pessoa muito humilde, ao mesmo tempo em que fazia a empresa crescer, também desenvolvia seus colaboradores, tanto que estou aqui até hoje. Com isso, a empresa subiu cada degrau para ser o que é hoje. Para quem nasceu do nada, chegar aos 100 milhões é muito orgulho para todos, desde acionistas aos colaboradores”, declara.

Este objetivo também é visto pelo encarregado de manutenção mecânica industrial, Claudio Lucio Martins, que está na empresa desde 1985. Conta que, apesar das dificuldades iniciais, os dirigentes trabalharam para realizar esse desejo, por meio da qualificação dos colaboradores, investimento em tecnologias e promovendo a sinergia de todos os setores. ”Quando todos estão unidos, chegamos ao resultado. A união fez gerar a energia”, complementa.

Há quase 34 anos na Cocal, Claudio diz que existem dois momentos de emoção no seu trabalho: o início de safra, pois começam ansiosos para a operação; e o fim da safra, após o último caminhão de cana entrar na usina, por trazer um sentimento de dever cumprido. “Uma das nossas funções é trabalhar para realizações. Não me vejo fora da Cocal, parece que outro uniforme não me serve. Todas as minhas realizações e as oportunidades que tive, foi tudo graças à Cocal, inclusive as da minha família”, finaliza.

 


Na unidade de Narandiba, foram moídos 36.369 milhões de toneladas desde 2008

 

Sobre a Cocal

A Cocal é uma empresa 100% nacional, produtora de cana-de-açúcar, açúcar, etanol e energia elétrica, com atuação há mais de três décadas no setor sucroenergético. Suas plantas industriais estão localizadas nos municípios de Paraguaçu Paulista e Narandiba, no interior do Estado de São Paulo.

 


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


17/01/2019 - Paraguaçuense, professor do Instituto Federal de Minas Gerais morre após ser espancado


17/01/2019 - Funcionário do Horto Florestal sofre acidente após se deparar com boiada atravessando a pista


17/01/2019 - Associação Comercial empossa nova diretoria para o biênio 2019/2020


16/01/2019 - Cabos da PM são homenageados por serem destaques em suas ações


16/01/2019 - Presidente Serginho faz primeira reunião com vereadores


15/01/2019 - Novena em louvor ao Apóstolo São Paulo inicia nesta quarta-feira


14/01/2019 - Motociclista vai parar no chão após colidir na traseira de carro, na Murilo Macedo


14/01/2019 - Estudo relaciona uso de redes sociais a desordens comportamentais


12/01/2019 - Futebol de Base de Paraguaçu participa da 10ª Copa Eco Turística do Mercosul de Rancharia 2019


11/01/2019 - IPVA 2019 em SP: pagamento pode ser parcelado em cartão de crédito


11/01/2019 - Time do Emprego abre inscrições em Paraguaçu Paulista, nesta sexta


11/01/2019 - Motociclista tem braço decepado e morre após colisão frontal contra carreta em rodovia de Paraguaçu


10/01/2019 - Saúde de Paraguaçu intensifica campanha de luta contra a hanseníase


10/01/2019 - Pneu de motocicleta estoura e deixa casal ferido na rodovia Paraguaçu/Quatá


10/01/2019 - Vereadores reúnem-se com a Prefeita em seu gabinete


09/01/2019 - Energisa Sul-Sudeste apoia Projeto Escola Viva de Paraguaçu Paulista


09/01/2019 - Estrada de acesso ao loteamento Rancho Alegre está liberada para trânsito


08/01/2019 - Rodovia é liberada após interdição durante temporal em Paraguaçu Paulista


08/01/2019 - Presidente Serginho inicia os trabalhos na Câmara Municipal


07/01/2019 - Samu socorre vítimas de capotamento na rodovia Paraguaçu/Assis


07/01/2019 - Barreira de represa se rompe e água inunda pista da Raposo Tavares em Paraguaçu Paulista


05/01/2019 - Prefeitura acusa vereador de criar 'fake news' sobre perda de verba de R$ 600 mil


05/01/2019 - Prefeita Almira participa da posse do governador João Doria


05/01/2019 - Temporal atinge Paraguaçu e chuvas intensas devem permanecer neste final de semana


04/01/2019 - PM apreende adolescente após encontrar porções de maconha em sua mochila


04/01/2019 - Café antes de exercícios físicos pode causar danos à saúde, diz pesquisa da Unesp de Marília


04/01/2019 - Inscritos nos Concursos Públicos 01 e 02 da Prefeitura de Paraguaçu podem conferir gabarito


03/01/2019 - Famílias e amigos se reúnem para a chegada do ano novo em Paraguaçu Paulista


03/01/2019 - Réveillon em Paraguaçu Paulista reúne centenas de pessoas para assistir espetáculo de fogos


03/01/2019 - Matheus Henrique é o primeiro bebê a nascer em Paraguaçu Paulista em 2019