08/09/2018 - CONQUISTA

Cocal acumula 100 milhões de toneladas na moagem

Fonte: Assessoria Cocal - Energia Responsável


 


A unidade de Paraguaçu Paulista, desde 1982 até setembro de 2018, moeu 63.631 milhões de toneladas
 

Com mais de três décadas no setor sucroenergético, na última quinta-feira (06/09) o Grupo Cocal atingiu a marca histórica de 100 milhões de toneladas no acumulado da moagem de cana-de-açúcar, somando a produção das duas unidades de negócio. Na unidade de Paraguaçu Paulista, desde 1982 até setembro de 2018, a companhia moeu 63.631 milhões de toneladas. Já na unidade de Narandiba, foram moídos 36.369 milhões de toneladas desde 2008.

 Segundo o diretor superintendente, Paulo Zanetti, foi uma trajetória de muito trabalho e fé nas pessoas e em Deus. “Além de representar a confirmação do desejo do fundador da empresa, Carlos Arruda Garms, em fazer da Cocal uma empresa transformadora nas regiões onde atua, trazendo benefícios econômicos e sociais, também é uma motivação para os que estão hoje na empresa, em estarem comprometidos com um futuro ainda melhor”, declara.

Quem acompanhou toda a trajetória para atingir esta marca foi o encarregado de transporte, Paulino Rosa de Oliveira, que entrou na Cocal no mesmo ano em que ocorreu a primeira moagem, em setembro de 1982. “Vi o primeiro caminhão jogar a cana na moagem, inclusive, dirigi um deles, porque comecei como tratorista. A cana era inteira, os equipamentos antigos, totalmente diferentes do que é hoje”, relembra.

 Paulino conheceu ainda o fundador da Cocal e relata que ele tinha o objetivo de fazer a indústria crescer. “O Carlos era uma pessoa muito humilde, ao mesmo tempo em que fazia a empresa crescer, também desenvolvia seus colaboradores, tanto que estou aqui até hoje. Com isso, a empresa subiu cada degrau para ser o que é hoje. Para quem nasceu do nada, chegar aos 100 milhões é muito orgulho para todos, desde acionistas aos colaboradores”, declara.

Este objetivo também é visto pelo encarregado de manutenção mecânica industrial, Claudio Lucio Martins, que está na empresa desde 1985. Conta que, apesar das dificuldades iniciais, os dirigentes trabalharam para realizar esse desejo, por meio da qualificação dos colaboradores, investimento em tecnologias e promovendo a sinergia de todos os setores. ”Quando todos estão unidos, chegamos ao resultado. A união fez gerar a energia”, complementa.

Há quase 34 anos na Cocal, Claudio diz que existem dois momentos de emoção no seu trabalho: o início de safra, pois começam ansiosos para a operação; e o fim da safra, após o último caminhão de cana entrar na usina, por trazer um sentimento de dever cumprido. “Uma das nossas funções é trabalhar para realizações. Não me vejo fora da Cocal, parece que outro uniforme não me serve. Todas as minhas realizações e as oportunidades que tive, foi tudo graças à Cocal, inclusive as da minha família”, finaliza.

 


Na unidade de Narandiba, foram moídos 36.369 milhões de toneladas desde 2008

 

Sobre a Cocal

A Cocal é uma empresa 100% nacional, produtora de cana-de-açúcar, açúcar, etanol e energia elétrica, com atuação há mais de três décadas no setor sucroenergético. Suas plantas industriais estão localizadas nos municípios de Paraguaçu Paulista e Narandiba, no interior do Estado de São Paulo.

 


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


23/04/2019 - Motocicleta de vítima de homicídio é encontrada queimada em estrada rural de Paraguaçu Paulista


23/04/2019 - Quatro cursos gratuitos estão com inscrições abertas no Sindicato Rural Patronal


23/04/2019 - Vinícius Camarinha destina recurso e Cene passa por reforma


22/04/2019 - Santa Casa de Paraguaçu recebe emenda de R$ 150 mil e adquire vários equipamentos


20/04/2019 - Alunas do Projeto Lance Livre de Paraguaçu são escolhidas para Seleção de Ouro


20/04/2019 - Defesa Civil de Paraguaçu participa de oficina sobre Operação Estiagem


20/04/2019 - Vereadores de Paraguaçu participam de reunião do Parlamento em Assis


20/04/2019 - Paraguaçu Paulista começa a vacinar contra a gripe


18/04/2019 - Walking Togheter traz ex-presidente do grupo Bombril e pretende estimular o empreendedorismo


18/04/2019 - Paróquia Nossa Senhora da Paz realiza abertura oficial da Semana Santa com a Missa de Ramos


18/04/2019 - 3º Provão Ouro Três Tambores distribuirá R$ 15 mil em prêmios neste sábado


17/04/2019 - Câmara parabeniza policial civil José Maria Pereira pelos 26 anos de serviço


17/04/2019 - Frei Vanderlei participa da Tribuna Livre e fala sobre a Campanha da Fraternidade 2019


17/04/2019 - Câmara altera lei para coibir ação de vândalos


17/04/2019 - 'Reminiscências - Vultos Históricos de Paraguaçu Paulista' é lançado durante noite de autógrafos


16/04/2019 - Abastecimento de água à população é retomado em Paraguaçu Paulista


16/04/2019 - ACE realiza workshop sobre projeto de regularização de alvarás de funcionamento


16/04/2019 - Em parceria com a Gammon, Prefeitura promove mini curso de processamento de derivados de leite


15/04/2019 - Prefeita Almira acompanha governador Doria em visita à região


14/04/2019 - Com rompimento de adutora da Sabesp, faltará água em Paraguaçu


13/04/2019 - Mais dois filhotes de cachorro abandonados estão para adoção responsável


13/04/2019 - Deputado Capitão Augusto beneficia Paraguaçu com ambulância no valor de R$ 170 mil


13/04/2019 - Diretora do Departamento de Educação e equipe reúnem-se com vereadores


12/04/2019 - É válida a cobrança diferenciada para pagamento no cartão ou dinheiro?


12/04/2019 - Prefeitura realiza aferição de som nos veículos de propaganda volante


12/04/2019 - Quadra de futebol society do Lina Leuzzi recebe o nome do 'Machadinho'


12/04/2019 - Tem sessão de cinema na Educação, nesta sexta-feira


11/04/2019 - Soltar fogos de artifício ruidosos pode acarretar multa de mais de R$ 500,00 em Paraguaçu


11/04/2019 - Plantão da biometria: todos os cartórios do Estado abrem neste sábado, dia 13


11/04/2019 - Abril Laranja é dedicado ao animal de rua