13/09/2018 - INVESTIGAÇÃO

MP pede afastamento de médico suspeito de burlar cartão de ponto em Paraguaçu Paulista

Fonte: G1 Bauru e Marília


Segundo investigação do Ministério Público, cardiologista não cumpria a carga horária em postos de saúde para atender em sua clínica particular. Ação cabe defesa e médico não quis se manifestar.

 


MP investiga desde 2013 suspeitas de fraude na carga horária de servidores da saúde pública de Paraguaçu Paulista 
(Foto: TV TEM/Reprodução/ arquivo)

 

O Ministério Público de Paraguaçu Paulista (SP) concluiu nesta terça-feira (11) o inquérito aberto para investigar a conduta de um médico por não cumprir a carga horária e burlar o cartão de ponto. O MP pede o afastamento definitivo do profissional.

A denúncia foi feita no começo deste ano e, segundo a ação do MP, o médico cardiologista Cássio Renato Valério Gouveia trabalhava no Centro de Saúde II de Paraguaçu Paulista, mas cumpria apenas metade do horário estipulado.

Além disso, segundo o MP, o médico também era flagrado atendendo pacientes na sua clínica particular. Ele deveria atender a 40 pessoas no centro de saúde, mas apenas de 15 a 20 pacientes eram atendidos.

A ação do MP cabe defesa. Procurado pela reportagem do G1, o médico não foi localizado em sua clínica.

Por telefone, a prefeitura de Paraguaçu Paulista, responsável pela fiscalização do atendimento, informou que o médico chegou a ficar três meses afastado sem remuneração e voltou ao trabalho em agosto.

A administração municipal informou ainda que não vai afastar o médico, uma vez que a investigação feita pela prefeitura ainda está em andamento.

 

Suspeitas antigas

A situação da saúde pública de Paraguaçu Paulista, com relação ao cumprimento da carga horária, começou a ser investigada em 2013, quando o Ministério Público encontrou diversas irregularidades nas unidades de saúde da cidade.

 


Investigação do MP encontrou casos de servidores que assinaram cartão de ponto antes de cumprir a jornada 
(
Foto: TV TEM/Reprodução/ arquivo)
 

Durante a investigação em postos de saúde, foram encontradas irregularidades nos livros onde eram anotados os horários de entrada e saída dos funcionários. Havia casos de servidores que teriam assinado cartão de ponto antes de cumprir a jornada.

Funcionários do departamento de saúde da prefeitura foram ouvidos pela polícia e no inquérito aberto os servidores alegaram que recebiam ordem de superiores para adulterar o registro.

Diante das suspeitas, um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) foi assinado entre o MP e a prefeitura exigindo diversas medidas, dentre elas a instalação de ponto biométrico nas unidades de saúde, com marcação através da impressão digital, e a divulgação para a população da jornada de trabalho de todo os profissionais.

 


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


20/09/2018 - Mulher achada morta junto a homem em sítio de Paraguaçu Paulista estava sumida há 4 dias


20/09/2018 - Seções de votação da escola 'Vail Justiniano' passam a ser em novo local


20/09/2018 - Convites para show em tributo à banda Abba já estão à venda


19/09/2018 - Mulher encontrada morta em propriedade rural é identificada


19/09/2018 - Paraguaçu inicia programação da Semana Nacional de Trânsito em 2018


19/09/2018 - Oficina de 'Roteiro e Estrutura Narrativa de Audiovisual' está com inscrições abertas


19/09/2018 - Assistência Social de Paraguaçu abre inscrições para o curso de Panificação


18/09/2018 - Filho do candidato a presidente Jair Bolsonaro visita Paraguaçu Paulista


18/09/2018 - Curso gratuito de Manutenção de Colhedora Automotriz - Cana-de-Açúcar está com inscrições abertas


18/09/2018 - Jovem é preso após ameaçar mulher com faca e levar bolsa com R$ 500


18/09/2018 - Vereadores fazem questionamentos à prefeita Almira Garms


18/09/2018 - Psicólogo fala sobre a prevenção ao suicídio na Câmara de Vereadores


18/09/2018 - Casal é preso em MS com carro roubado em Paraguaçu Paulista


17/09/2018 - Paraguaçuense morre após colidir carro contra barranco em vicinal


17/09/2018 - Motociclista perde o controle da direção ao passar por faixa elevada na Av. Siqueira Campos


17/09/2018 - Usina Cocal abre inscrições para curso gratuito de NR 31.8 - Agrotóxico


17/09/2018 - Câmara de Vereadores realiza palestra sobre deficiência


15/09/2018 - 1ª Copa Basquete Master 'Encontro de Gerações' acontece neste fim de semana em Paraguaçu


15/09/2018 - 'Nós somos o trânsito' é o tema da Semana Nacional de Trânsito em 2018


15/09/2018 - Descarte correto de medicamentos também salva vidas


15/09/2018 - Geradores de resíduos de serviços de saúde devem entregar plano de gerenciamento à Prefeitura


15/09/2018 - Time do Emprego forma mais uma turma em Paraguaçu


14/09/2018 - Revelação paraguaçuense, goleiro de 11 anos é convidado pelo Corinthians


14/09/2018 - PM captura procurado pela Justiça por roubo e encontra revólver em sua residência


14/09/2018 - Homens tentam esconder dinheiro na cueca e drogas na boca durante operação da PM em Paraguaçu


14/09/2018 - Projeto 'A Arte da Vida' aborda reciclagem de lixo em escola de Paraguaçu Paulista


13/09/2018 - Lions Clube faz entrega de alimentos arrecadados durante aniversário solidário


13/09/2018 - Encerram amanhã as inscrições para o curso gratuito de 'Jardineiro - Implantação do Jardim'


12/09/2018 - Câmara realiza ciclo de palestras voltadas à prevenção e conscientização do suicídio


12/09/2018 - Carro colide contra portão de residência após se envolver em acidente com outro veículo