13/09/2018 - INVESTIGAÇÃO

MP pede afastamento de médico suspeito de burlar cartão de ponto em Paraguaçu Paulista

Fonte: G1 Bauru e Marília


Segundo investigação do Ministério Público, cardiologista não cumpria a carga horária em postos de saúde para atender em sua clínica particular. Ação cabe defesa e médico não quis se manifestar.

 


MP investiga desde 2013 suspeitas de fraude na carga horária de servidores da saúde pública de Paraguaçu Paulista 
(Foto: TV TEM/Reprodução/ arquivo)

 

O Ministério Público de Paraguaçu Paulista (SP) concluiu nesta terça-feira (11) o inquérito aberto para investigar a conduta de um médico por não cumprir a carga horária e burlar o cartão de ponto. O MP pede o afastamento definitivo do profissional.

A denúncia foi feita no começo deste ano e, segundo a ação do MP, o médico cardiologista Cássio Renato Valério Gouveia trabalhava no Centro de Saúde II de Paraguaçu Paulista, mas cumpria apenas metade do horário estipulado.

Além disso, segundo o MP, o médico também era flagrado atendendo pacientes na sua clínica particular. Ele deveria atender a 40 pessoas no centro de saúde, mas apenas de 15 a 20 pacientes eram atendidos.

A ação do MP cabe defesa. Procurado pela reportagem do G1, o médico não foi localizado em sua clínica.

Por telefone, a prefeitura de Paraguaçu Paulista, responsável pela fiscalização do atendimento, informou que o médico chegou a ficar três meses afastado sem remuneração e voltou ao trabalho em agosto.

A administração municipal informou ainda que não vai afastar o médico, uma vez que a investigação feita pela prefeitura ainda está em andamento.

 

Suspeitas antigas

A situação da saúde pública de Paraguaçu Paulista, com relação ao cumprimento da carga horária, começou a ser investigada em 2013, quando o Ministério Público encontrou diversas irregularidades nas unidades de saúde da cidade.

 


Investigação do MP encontrou casos de servidores que assinaram cartão de ponto antes de cumprir a jornada 
(
Foto: TV TEM/Reprodução/ arquivo)
 

Durante a investigação em postos de saúde, foram encontradas irregularidades nos livros onde eram anotados os horários de entrada e saída dos funcionários. Havia casos de servidores que teriam assinado cartão de ponto antes de cumprir a jornada.

Funcionários do departamento de saúde da prefeitura foram ouvidos pela polícia e no inquérito aberto os servidores alegaram que recebiam ordem de superiores para adulterar o registro.

Diante das suspeitas, um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) foi assinado entre o MP e a prefeitura exigindo diversas medidas, dentre elas a instalação de ponto biométrico nas unidades de saúde, com marcação através da impressão digital, e a divulgação para a população da jornada de trabalho de todo os profissionais.

 


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


21/01/2019 - Tentando procurar irmão, assisense encontra paraguaçuense desaparecido


21/01/2019 - Estão abertas as inscrições para cursos gratuitos do Sindicato Rural


19/01/2019 - Homem é morto por tribunal de facção criminosa após estuprar criança em Paraguaçu Paulista


19/01/2019 - Paraguaçuenses, garotos de 11 e 14 anos se destacam e são grandes promessas do futebol


19/01/2019 - Prefeita Almira busca recursos em São Paulo


19/01/2019 - Programa Rede de Proteção Animal intensifica atividades em Paraguaçu


19/01/2019 - Educação promove capacitação dos AVES com atividades lúdicas e primeiros socorros


19/01/2019 - Paraguaçu abre inscrições para Frente de Trabalho, a partir de segunda


19/01/2019 - Vendedor ambulante, de Avaré, se recusa a pagar licença e tem produto apreendido


17/01/2019 - Paraguaçuense, professor do Instituto Federal de Minas Gerais morre após ser espancado


17/01/2019 - Funcionário do Horto Florestal sofre acidente após se deparar com boiada atravessando a pista


17/01/2019 - Associação Comercial empossa nova diretoria para o biênio 2019/2020


16/01/2019 - Cabos da PM são homenageados por serem destaques em suas ações


16/01/2019 - Presidente Serginho faz primeira reunião com vereadores


15/01/2019 - Novena em louvor ao Apóstolo São Paulo inicia nesta quarta-feira


14/01/2019 - Motociclista vai parar no chão após colidir na traseira de carro, na Murilo Macedo


14/01/2019 - Estudo relaciona uso de redes sociais a desordens comportamentais


12/01/2019 - Futebol de Base de Paraguaçu participa da 10ª Copa Eco Turística do Mercosul de Rancharia 2019


11/01/2019 - IPVA 2019 em SP: pagamento pode ser parcelado em cartão de crédito


11/01/2019 - Time do Emprego abre inscrições em Paraguaçu Paulista, nesta sexta


11/01/2019 - Motociclista tem braço decepado e morre após colisão frontal contra carreta em rodovia de Paraguaçu


10/01/2019 - Saúde de Paraguaçu intensifica campanha de luta contra a hanseníase


10/01/2019 - Pneu de motocicleta estoura e deixa casal ferido na rodovia Paraguaçu/Quatá


10/01/2019 - Vereadores reúnem-se com a Prefeita em seu gabinete


09/01/2019 - Energisa Sul-Sudeste apoia Projeto Escola Viva de Paraguaçu Paulista


09/01/2019 - Estrada de acesso ao loteamento Rancho Alegre está liberada para trânsito


08/01/2019 - Rodovia é liberada após interdição durante temporal em Paraguaçu Paulista


08/01/2019 - Presidente Serginho inicia os trabalhos na Câmara Municipal


07/01/2019 - Samu socorre vítimas de capotamento na rodovia Paraguaçu/Assis


07/01/2019 - Barreira de represa se rompe e água inunda pista da Raposo Tavares em Paraguaçu Paulista