29/01/2019 - DURANTE CONTAGEM

Detento agarra agente pelo pescoço e agride funcionário na Penitenciária de Martinópolis

Fonte: Por G1 Presidente Prudente


Sindicato da categoria informou que o Grupo de Intervenção Rápida (GIR) foi acionado e entrou na unidade para revistar a cela e retirar o envolvido no caso.

 


Preso agrediu funcionário na Penitenciária de Martinópolis - Foto: Heloise Hamada/TV Fronteira
 

Um agente de segurança penitenciária foi agredido por um preso na noite deste domingo (27) na Penitenciária "Tacyan Menezes de Lucena", em Martinópolis.

De acordo com as informações fornecidas ao G1 pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado de São Paulo (Sindasp), a agressão ocorreu por volta das 18h, na troca de plantão, quando o funcionário fazia a contagem de presos da unidade.

Durante o procedimento, quando abriu o guichê existente na porta de uma cela para verificar a quantidade de detentos no local, o servidor público foi surpreendido por um preso que colocou a mão para fora e agarrou o agente pelo pescoço e pela camisa, segundo o Sindasp.

Ainda conforme o sindicato, o preso agrediu o funcionário com socos, puxões e batidas na porta de metal da cela.

Como, durante a agressão, a camisa do servidor se rasgou, o agente conseguiu se desvencilhar do preso.

O plantão foi comunicado sobre a ocorrência e outros funcionários compareceram ao raio da cela para ajudar o trabalhador agredido.

O Grupo de Intervenção Rápida (GIR), que é uma espécie de "tropa de elite" para atuação em situações críticas no sistema prisional paulista, também foi acionado e entrou na unidade para revistar a cela e retirar o preso envolvido no caso, segundo o Sindasp.

O sindicato informou ao G1 que o agente registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia da Polícia Civil, foi submetido ao exame de corpo de delito e passa bem.

A Penitenciária de Martinópolis já conta com a automatização das celas, tecnologia que evita o contato direto dos agentes com os presos. O sistema automatizado é controlado pelos agentes através de um painel, que abre e fecha as celas nos momentos de saída e recolhimento dos detentos, como o banho de sol, por exemplo.

No entanto, a abertura do guichê que fica na porta de cada cela é feita manualmente pelos funcionários. Trata-se de um procedimento rotineiro realizado a cada 12h, sempre quando ocorre a troca de um plantão, para a conferência do número de presos na unidade. Quando abre o guichê de uma cela, o agente conta, um por um, os presos que estão no local.

“Estamos preocupados com a segurança dos agentes penitenciários. Estamos atentos. Parece que voltou a problemática de agressões. Estamos preocupados porque isso pode crescer e precisamos da adoção de providências pela SAP [Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo] para conter esses casos antes que tomem uma proporção maior”, disse ao G1 o presidente do Sindasp, Valdir Branquinho.

De acordo com os dados da SAP, a Penitenciária de Martinópolis conta atualmente com uma população carcerária de 2.204 presos, embora tenha capacidade para abrigar 872 detentos. O presídio funciona no regime fechado.

O G1 solicitou um posicionamento oficial da SAP sobre o caso que vitimou o agente penitenciário em Martinópolis, mas até o momento desta publicação não obteve resposta.

 


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


23/08/2019 - Dentista é morto pela própria filha em Marília após surto psicótico


23/08/2019 - Homem que espancou idoso até a morte em Alagoas é preso em Cândido Mota


22/08/2019 - Polícia Rodoviária apreende 17,5 mil maços de cigarros contrabandeados, em Rancharia


22/08/2019 - Justiça condena hospital de Marília a indenizar mulher que foi presa após denúncia de aborto


20/08/2019 - Homem troca bicicleta por droga e diz à polícia que foi roubado em Marília


19/08/2019 - Ministro Sérgio Moro estará em Marília nesta segunda-feira


19/08/2019 - Menino de 9 anos morre afogado em lagoa de contenção em Tupã


17/08/2019 - Morador de Quatá está desaparecido há mais de seis meses


16/08/2019 - Marília entra em alerta com terceiro caso de sarampo confirmado


16/08/2019 - Por falta de bomba, funcionário da Sabesp 'mergulha' em água com lama em Assis


15/08/2019 - Para atender Decreto, Prefeitura de Quatá atualiza data de pagamento do servidor municipal


15/08/2019 - Jovem de 19 anos agride o próprio pai com tijoladas na cabeça em Maracaí


15/08/2019 - Entrevias abre sinal de Wi-fi nas rodovias da região de Marília


14/08/2019 - Polícia Civil investiga se morte de mulher em Cândido Mota tem relação com homofobia


13/08/2019 - Homem preso por porte ilegal de arma de fogo tira a própria vida na CPJ de Tupã


13/08/2019 - Homem é preso com 160 celulares contrabandeados e R$ 73 mil em Tupã


12/08/2019 - Unimed Assis espera receber 3 mil participantes na 7ª Caminhada de Bem com a Vida


12/08/2019 - Caminhoneiro é preso com mais de 400 mil maços de cigarros contrabandeados em Assis


12/08/2019 - Por não aceitar relacionamento, homem mata namorada da irmã em Cândido Mota


10/08/2019 - Criança morre vítima de meningite bacteriana em Marília


10/08/2019 - Adolescente é apreendido por tráfico de drogas em Quatá


10/08/2019 - Cerca de 40 mil turistas são esperados na Festa do Menino da Tábua em Maracaí


08/08/2019 - Motocicleta furtada em Borá é apreendida com adolescente em Tupã


08/08/2019 - Advogada morre aos 42 anos em Palmital


08/08/2019 - Projeto Escola Comunidade realizado pela Unimed Assis inaugura refeitório em escola


06/08/2019 - Prefeitura de Quatá lança Programa Emergencial de Auxílio Desemprego


05/08/2019 - Prefeitura de Marília lança dois novos concursos públicos pela Vunesp


02/08/2019 - Colisão traseira entre caminhões mata motorista na SP-284, em Rancharia


02/08/2019 - Homem é preso ao ser flagrado recebendo caixa de bombons com drogas pelo correio, em Tupã


02/08/2019 - PM apreende pé de maconha plantada em via pública de Lutécia