13/04/2019 - FRAUDES

PC e MP desmantelam quadrilha que 'vendia' vagas em cursos de medicina em Assis e outras cidades

Fonte: Do G1


Foram cumpridos 17 mandados de prisões temporárias. Em abril de 2017 houve denúncia de um eventual esquema de fraude no vestibular para medicina da FEMA, em Assis.

 

 

A Polícia Civil prendeu na manhã desta sexta-feira (12), em Presidente Prudente, quatro pessoas envolvidas num esquema de fraudes em vestibulares para o curso de medicina.

A Operação “Asclépio”, deflagrada nesta sexta, foi conduzida em parceria com o Ministério Público, com objetivo de combater uma organização criminosa que “vendia vagas” em universidades. No total, 17 pessoas foram presas.

Em Presidente Prudente, a polícia não informou, ainda, quais eram os papéis de cada suspeito.

Segundo a Polícia Civil, as investigações começaram após apuração de denúncia de um eventual esquema de fraude no vestibular para medicina da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA), em abril de 2017.

A polícia informou que a direção da unidade descobriu que “terceiras pessoas” haviam se passado por cinco candidatos e feito as provas.

A Vunesp, organizadora do vestibular, ainda de acordo com a Polícia Civil, constatou “inconsistências” nas identificações datiloscópicas, assinaturas nas folhas de respostas e nas imagens captadas dos candidatos aprovados – em comparação com alunos matriculados no curso.

Um inquérito policial foi instaurado para apurar os crimes de organização criminosa, estelionato e falsificação de documento público.

O articulador, do que a polícia está chamando de “engenhoso esquema” de venda de vagas para ingresso em cursos de medicina, “cobrava” entre R$ 80 mil e R$ 120 mil por vaga – negociados de forma parcelada ou até mediante permuta de bens e imóveis.

“Com o avanço das diligências, apurou-se a constituição de sofisticada organização criminosa composta de três grupos, todos interligados: 1) Grupo familiar; 2) Grupo dos captadores e vendedores de vagas; e 3) Grupo de intermediários na Universidade Brasil”, cita a polícia.

Ainda de acordo com autoridades da segurança pública, o 1º grupo, comandando pelo cabeça do esquema, coordenava todas as ações, “se valendo dos trabalhos de vários subordinados (seus familiares)”.

O segundo grupo surgiu da necessidade de se captar “vendedores de vagas”.

A polícia diz que, por conta do alto número de alunos, só os familiares do articulador do esquema não teriam condições de atender toda a “oferta de vagas” em universidades particulares e a procura de interessados.

O terceiro grupo é de pessoas ligadas à Universidade Brasil, que possui faculdade de Medicina em Fernandópolis. A polícia diz que, sem este grupo, não seria possível obter “êxito no engenhoso crime”. Essas pessoas eram consideradas integrantes desta organização criminosa.

A operação contou com a participação de 350 policiais civis, que tiveram apoio de policiais de Minas Gerais e promotores do Estado de São Paulo.

Foram cumpridas 17 prisões temporárias e 55 mandados de busca e apreensão autorizados pela Justiça – 13 em Presidente Prudente.

Em Presidente Prudente foram apreendidos documentos, dinheiro em espécie, cheques, motocicletas e veículos de luxo.

Nem a Polícia Civil nem o Ministério Público informaram, ainda, quantas pessoas poderiam ter sido beneficiadas pelo esquema.

 


Material apreendido pela Polícia Civil em Presidente Prudente - Foto: Stephanie Fonseca/G1
 


Dinheiro apreendido pela Operação Asclépio, que desmantelou quadrilha que “vendia” vagas em cursos de medicina - Foto: Stephanie Fonseca/G1

 


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


19/01/2020 - Homem tem corpo cortado ao meio em acidente em Marília


18/01/2020 - Homem morre esfaqueado e baleado na frente de casa em Assis


16/01/2020 - Trabalhador fica ferido ao cair de altura de 4 metros enquanto consertava cabos em Assis


16/01/2020 - Santa Casa de Assis informa novo horário de visita


15/01/2020 - Homem que matou Emanuelle a facadas é encontrado morto em presídio


15/01/2020 - Caso Emanuelle: menina achada morta após desaparecer enquanto brincava em praça levou 13 facadas


14/01/2020 - Caso Emanuelle: vizinho diz à polícia que matou menina a facadas por vingança contra a mãe dela


14/01/2020 - Motociclista fica ferido ao bater na traseira de carro em rodovia de Maracaí


13/01/2020 - Polícia encontra o corpo de criança desaparecida em matagal de Chavantes


13/01/2020 - Farmácia Unimed é inaugurada em Assis e passa a atender toda a população


13/01/2020 - Homem atira em vizinho e é preso por tentativa de homicídio e posse ilegal de arma de fogo


13/01/2020 - Menina desaparece enquanto brincava em praça perto de casa em Chavantes


10/01/2020 - Aposentada perde quase R$12 mil após cair em golpe, em Marília


09/01/2020 - Após 'perderem' o pai para o câncer, trigêmeas de Quatá passam juntas no vestibular de medicina


09/01/2020 - Roda de carro se solta e veículo capota na SP-294 em Marília


08/01/2020 - Dupla é suspeita de furtar mais de R$ 3 mil de loja de móveis em Quatá


08/01/2020 - Mulher leva facada no olho enquanto dormia em Marília


07/01/2020 - PM recupera cerca de R$ 300 mil em joias roubadas em Rancharia


07/01/2020 - Colecionador de pássaros desaparece ao sair para comprar canário em Marília


06/01/2020 - Enxurrada invade casas e leva carros durante forte chuva em Martinópolis


06/01/2020 - Homem é flagrado com facas e armas de fogo dentro de casa após denúncia sobre ameaça


04/01/2020 - Santa Casa de Assis agradece Credicana por nova doação de arroz


03/01/2020 - PM aposentado é suspeito de incendiar residência com duas mulheres dentro, em Martinópolis


03/01/2020 - Cão é resgatado por bombeiros após cair em penhasco ao se assustar com fogos de artifício em Marília


02/01/2020 - Homem morre atropelado enquanto chegava para culto de fim de ano em Marília


30/12/2019 - Cachorro que caiu em penhasco de 30 metros é resgatado por bombeiros em Marília


30/12/2019 - Incêndio destrói depósito de materiais inertes em Assis


30/12/2019 - Grupo é atacado por enxame de abelhas durante churrasco em cachoeira de Ibirarema


28/12/2019 - Homem comete suicídio e corpo é encontrado pelo pai em Oscar Bressane


28/12/2019 - Menor cidade de SP e segunda do Brasil, Borá pode deixar de existir