01/05/2019 - SAÚDE

Cientistas descobrem demência que tem os mesmos sintomas do Alzheimer

Fonte: MSN


 

 

As características de um novo tipo de doença foram descritas pela primeira vez por um grupo de cientistas. Até aí tudo bem. Acontece que essa doença é extremamente parecida com o Alzheimer – e pode ajudar a explicar a não tão rara ineficácia do tratamento desse problema, que é a demência mais comum em todo o mundo.

Estamos falando da LATE, descrita em um estudo publicado nesta terça-feira (30) na revista científica Brain. De acordo com a pesquisa, ela afeta mais de 20% dos idosos maiores de 85 anos de idade. A sigla simplifica uma doença de nome extenso e complicado: encefalopatia TDP-43 límbico-predominante relacionada à idade.

Não se assuste: o nome até ajuda a entender o que é essa encrenca. Encefalopatia significa que se trata de uma doença no cérebro. TDP-43 é a proteína que contribui para a manifestação da condição. “Límbico-predominante” diz que ela afeta o sistema límbico, área do cérebro responsável pelas emoções e comportamentos sociais. E “relacionada à idade” indica que os mais atingidos são os idosos.

O que distingue a LATE do Alzheimer é justamente a proteína TDP-43. Em uma pessoa jovem e saudável, ela ajuda a regular a atividade genética no cérebro. Já quando se apresenta em condições anormais, afeta o aprendizado e a memória. No caso de quem sofre com Alzheimer são outras proteínas que estão por trás: tau e beta-amiloide.

Na prática, os sintomas são bem parecidos: perda de memória, declínio cognitivo e alterações de humor. A principal diferença é que a LATE se desenvolve mais devagar. Mas também é possível que uma pessoa tenha as duas doenças – e aí, a degeneração é mais rápida.

O fato de as duas doenças serem causadas por proteínas diferentes explica a ineficácia de alguns tratamentos para o Alzheimer – de nada adianta mirar em proteínas beta-amiloides, por exemplo, se o problema está nas TDP-43.

Para os autores do estudo, é essencial aprofundar os estudos na LATE para encontrar novos tratamentos contra as demências. “Esperamos que esse trabalho contribua para acelerar pesquisas que vão nos ajudar a entender as causas dessas doenças e desvendar novas oportunidades terapêuticas”, disse Nina Silverberg, diretora do centro de Alzheimer no Instituto Nacional de Envelhecimento, nos Estados Unidos, em nota.

 


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


19/09/2019 - 7 coisas que nunca devemos falar para alguém que tem depressão


09/06/2019 - Como incluir fibras em todas as refeições: 4 macetes simples para nunca errar


28/03/2019 - Bairros de Quatá com epidemia de dengue recebem Nebulização Ambiental


24/02/2019 - 10 mitos e verdades sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis, as ISTs


24/02/2019 - Como o uso excessivo do celular afeta a saúde


10/11/2018 - 6 alimentos que limpam o fígado


03/11/2018 - A dieta detox faz bem à saúde?


03/11/2018 - Como a corrida te deixa mais forte psicologicamente


09/10/2018 - Comer de forma saudável pode ser um fator de proteção contra o câncer de mama


02/10/2018 - Por dentro do Outubro Rosa: entenda o mês de campanhas sobre o câncer de mama


02/10/2018 - Entenda a diferença entre doença de Alzheimer e a demência


10/09/2018 - 15 necessidades de seu filho que você deve atender para que ele tenha saúde mental


24/07/2018 - Depressão pós-parto também é coisa de homem é o que afirma esta pesquisa


24/07/2018 - Homeopatia para emagrecer: entenda como age e efeito contra compulsão alimentar


28/05/2018 - 5 pontos do corpo para pressionar durante uma crise de enxaqueca e ter alívio


28/05/2018 - Exercícios de força para as pernas trazem benefícios ao seu cérebro


23/05/2018 - Como a Osteopatia pode colaborar com o tratamento para dores no quadril?


11/05/2018 - Hoje tem Dia D Vacinação Contra a Gripe, em Paraguaçu


04/05/2018 - Palitar os dentes, pode ou não pode?


04/05/2018 - Mitos sobre a pele negra


20/04/2018 - Pigmento do mirtilo, do açaí e da uva pode inibir crescimento de câncer


20/04/2018 - Ejaculação retardada: o que fazer


29/01/2018 - Crianças que dormem mal têm mais risco de ficarem obesas


29/01/2018 - Afinal, como a febre amarela é transmitida?


27/12/2017 - 13 alimentos que não são tão saudáveis assim


14/11/2017 - Estudo aponta novo motivo para não tomar refrigerante na refeição


03/11/2017 - Câncer de próstata - Novembro Azul ao diagnóstico precoce


03/11/2017 - Uso do remédio Omeprazol dobra risco de câncer, revela pesquisa


20/10/2017 - Como sua menstruação muda aos 20, 30 e 40 anos


03/10/2017 - Além do nódulo: 8 sintomas que podem indicar o câncer de mama