23/08/2019 - CADEIA

Homem que espancou idoso até a morte em Alagoas é preso em Cândido Mota

Fonte: Do G1


José Antônio de Jesus Silva foi preso em Nova Alexandria, distrito do município de Cândido Mota.

 


 José Antônio foi preso em Cândido Mota, em São Paulo, por ter sido flagrado agredindo idoso até a morte em Alagoas 
(Foto: Divulgação/ Polícia Civil de São Paulo)

 

O homem que agrediu até a morte um idoso no mês passado em Olho D’Água das Flores, no Sertão de Alagoas, foi preso na tarde desta quinta-feira (22) pelas polícias Civil e Militar no distrito de Nova Alexandria, em Cândido Mota (SP). Uma mulher que é suspeita de ser cúmplice no crime foi detida. A polícia investiga se ela era agredida e mantida em cárcere privado. Ainda não há previsão para que o homem seja transferido para Alagoas.

Em 25 de agosto, uma câmera de um circuito de segurança registrou quando José Antônio de Jesus Silva, 29 anos, matou Gildo Maximino de Carvalho, 72 anos, com socos e chutes. Desde então o suspeito era procurado pela polícia. As imagens registraram que o suspeito chegou ao local do crime em uma moto com uma mulher na garupa. De acordo com a polícia, a mulher na garupa é a que foi detida nesta quinta.

O delegado Hugo Leonardo, titular da 2ª Delegacia Regional de Santana do Ipanema, explicou que depois das investigações de inteligência feitas pela delegacia alagoana, a polícia conseguiu identificar a localização do homem, em Cândido Mota. Ele contou que a equipe de Alagoas entrou em contato com as polícias de São Paulo, que prenderam José Antônio.

Hugo Leonardo também disse que em Alagoas, José Antônio usava o nome falso de Alex.

Logo após o assassinato, a polícia pediu a prisão de José Antônio por agressão seguida de morte.

Na época do crime em Olho D’Água das Flores, o filho do idoso José Maximino cobrou a prisão do suspeito de ter matado o pai.

““Esse cara tem que parar. Não só pela morte do meu pai. Mas por todas as outras pessoas que ele já fez mal e por outras que ainda podem ser vítimas dele”, disse o comerciante Flávio Carvalho.

Também na época do crime no sertão alagoano, a polícia divulgou que o suspeito era foragido da Justiça de São Paulo. José Antônio foi condenado pela Justiça de São Paulo pelo crime de feminicídio, por ter matado em 2007 a ex-companheira, a auxiliar de enfermagem Lucilene dos Santos Silva, 43 anos.

Lucilene dos Santos morta a facadas na casa onde vivia com agressor no bairro Jardins das Hortências, em Itupeva, no interior de São Paulo, meses depois de ter contratado um advogado para ajudar José Antônio a sair da prisão. Ele havia sido preso porque agrediu na rua uma outra mulher com quem tinha um outro relacionamento.

José Antônio também já respondia por tentativa de homicídio por tentar matar em 2015 outra ex-companheira.

 


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


16/11/2019 - Quatá vacina contra o sarampo a partir do dia 18 de novembro


14/11/2019 - Campanha da Unimed arrecada mais de meia tonelada de lacres e reverte em cadeiras de rodas


14/11/2019 - Troca de tiros deixa três mortos e um policial ferido em Palmital


14/11/2019 - Polícia identifica suspeitos de matar a tiros dono de bar e jovem em Assis


13/11/2019 - Após briga, jovem é assassinado com golpe de canivete em Palmital


13/11/2019 - Gigante Vermelho anuncia seis shows para 2020 em Cândido Mota


13/11/2019 - Criminosos rendem moradores de condomínio e roubam R$ 25 mil em Marília


12/11/2019 - Uma pessoa morre e outras duas ficam feridas em grave acidente na rodovia em Tarumã


11/11/2019 - Motorista evita colisão e acaba perdendo o controle da direção do veículo, em Paraguaçu


11/11/2019 - Policial militar de folga atira em homem após ameaça e agressão em Marília


10/11/2019 - Três homens são baleados em Assis; dois morreram


09/11/2019 - Prefeitura de Marília tem tentativa de invasão e segurança ferido


09/11/2019 - Mecânico é preso com cocaína escondida na cueca na SP-333


09/11/2019 - Projeto para implantar voos diretos para São Paulo é anunciado pela prefeitura de Assis


06/11/2019 - Energisa esclarece falta de energia em Lutécia


06/11/2019 - Provas do concurso público da Prefeitura de Quatá serão no dia 10 de novembro


06/11/2019 - Rápida ventania causa estragos em vários pontos de Assis


05/11/2019 - Unimed encerra mais um curso sobre gestação


04/11/2019 - Homem mata ex-companheira, atual namorado dela e comete suicídio em Marília


02/11/2019 - Polícia Civil de Marília recupera gado furtado do ex-goleiro Marcos, do Palmeiras


02/11/2019 - Cão da PM encontra carga de drogas escondida em caminhão na Raposo Tavares em Assis


01/11/2019 - Dia do Servidor Público é celebrado com jantar em Quatá


01/11/2019 - Prefeitura de Quatá faz recapeamento asfáltico em dezenas de ruas


01/11/2019 - Mais de 20 gatos e cães são resgatados magros e doentes em Marília


31/10/2019 - Usina Ibéria anuncia novas contratações de funcionários para safra de 2020


31/10/2019 - Carro invade a contramão, fere motociclista e segue viagem na rodovia Assis/Marília


30/10/2019 - Polícia prende pai que agrediu filho de 10 meses em Palmital


30/10/2019 - Incêndio destrói casa de madeira em Cândido Mota


29/10/2019 - Oscar Bressane se prepara para sua 7ª Festa da Melancia


29/10/2019 - Polícia apreende mais de 400 quilos de maconha escondidos dentro de lancha rebocada em rodovia