11/10/2019 - OUTUBRO ROSA

Unidade da Mulher de Paraguaçu comemora 15 anos com palestra

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura - Silvana Paiva


A mortalidade por câncer de mama está ligada principalmente ao acesso a diagnóstico e tratamento adequado no tempo oportuno.

 


 

A Unidade da Mulher de Paraguaçu Paulista comemora 15 anos de atendimento à comunidade neste mês de outubro. Em comemoração à década e meia e ao Outubro Rosa, o Departamento de Saúde promoveu nesta quinta-feira (10), uma palestra com o oncologista de Ourinhos, Norberto de Souza Paes.

A palestra foi realizada na própria Unidade da Mulher e foi aberta a toda população. O oncologista Norberto de Souza Paes abordou principalmente a prevenção e o tratamento do câncer de mama, em alusão ao Outubro Rosa.

A boa notícia é que a mortalidade do câncer de mama no Brasil é baixa em relação a outros países. O Brasil está situado na segunda faixa mais baixa com uma taxa de 13 por 100 mil, ao lado de países desenvolvidos como EUA, Canadá e Austrália, e melhor do que alguns deles, como a França e o Reino Unido. Por outro lado, figura também na segunda faixa mais alta de incidência de câncer de mama entre todos os países. Nesse caso, a taxa de incidência é de 62,9 casos por 100 mil habitantes (taxa padrão utilizada mundialmente). A análise da situação do câncer de mama no Brasil, 2018, foi apresentada pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA) durante cerimônia de celebração do Outubro Rosa, nesta segunda-feira (07), no Rio de Janeiro.

A mortalidade por câncer de mama está ligada principalmente ao acesso a diagnóstico e tratamento adequado no tempo oportuno. O objetivo é diagnosticar o câncer o mais precocemente possível, ainda nos estágios iniciais da doença, quando o tratamento é mais efetivo. Ano a ano, o Brasil vem conseguindo aumentar o percentual de casos diagnosticados nos estágios in situ (considerado zero) e I de 17,3% em 2000 para 27,6% em 2015. Mas essa proporção continua muita baixa na região Norte (12,7%), em contraste com as regiões Sul (29,2%) e Sudeste (30,8%). Mas é necessário avançar na prevenção e diminuição das desigualdades regionais e socioeconômicas.

 

SUS NO CONTROLE DO CÂNCER DE MAMA

O câncer de mama é segundo tipo que mais acomete mulheres no Brasil, representando em torno de 25% de todos os cânceres que afetam o sexo feminino.

O SUS oferta atenção integral à prevenção e ao tratamento para as mulheres acometidas pela doença. Nessa linha, os profissionais de saúde, fundamentais em todas as etapas e ações de controle e cuidados relacionados ao câncer de mama, são orientados a atualizarem-se em relação às condutas relacionadas aos laudos da mamografia.

O Ministério da Saúde recomenda que a mamografia de rotina em mulheres sem sintomas ou sinais de doença em suas mamas (rastreamento), seja feita na faixa etária entre 50 e 69 anos, uma vez a cada dois anos. No ano de 2018 foram realizados 2.465.101 exames de mamografia (tipo bilateral para rastreamento), exclusivamente pelo SUS.

 

CAMPANHA OUTUBRO ROSA

Segundo o INCA, são estimados 59.700 casos novos de câncer de mama em 2019.  Diante deste cenário, é importante que as informações sobre riscos e possíveis benefícios dos exames de rotina sejam amplamente divulgadas para toda a sociedade.

Ainda durante a cerimônia do Outubro Rosa, Ministério da Saúde e INCA reforçaram a mensagem da campanha Outubro Rosa 2019, que destaca os três pilares estratégicos de controle da doença: prevenção primária, diagnóstico precoce e mamografia.

A campanha, criada para divulgação não apenas em outubro, mas sim ao longo do ano inteiro, inclui cartazes, folders, banners e cards para impressão e utilização nas redes sociais. As mensagens chamam atenção ao cuidado com as mamas, que deve ser uma preocupação permanente. Os motes são: “Cada corpo tem uma história. O cuidado com as mamas faz parte dela” e “Embora diferentes, temos algo em comum: o cuidado com o nosso corpo”.

 

APOIO DA SOCIEDADE

A rede de solidariedade em torno da causa é outro apoio necessário. Amigos, vizinhos, colegas de trabalho, grupos religiosos, ONGs etc., todos podem e devem contribuir no apoio a pacientes e familiares de todas as formas possíveis, por exemplo, na multiplicação de informações corretas e encorajando a busca pelos serviços de saúde.

“A obrigação do Estado é indiscutível. Mas as pessoas podem ajudar muito. Por exemplo, ajudar uma mulher a obter informações online sobre um exame ou consulta, o que requer o uso de dispositivos eletrônicos e conhecimento digital. Um grupo de amigos e vizinhos pode apoiar uma paciente no deslocamento para sessões de tratamento ou ajudando com as tarefas de vida diárias. O apoio pode ser também psicológico. Este é o verdadeiro espírito do Outubro Rosa,” ressalta Ana Cristina Pinho, diretora geral do INCA.

 


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


11/11/2019 - Drogaria Anjos Fórmulas Especiais é inaugurada em Paraguaçu Paulista


11/11/2019 - Escola infantil encerra projeto 'Música com Arte' com Noite Cultural


09/11/2019 - Prefeita Almira Garms participa de reunião sobre projeto de duplicação da SP/284


08/11/2019 - Comissão discute e aprova melhorias no trânsito de Paraguaçu Paulista


08/11/2019 - 1ª Feijoada Beneficente acontece neste domingo em Paraguaçu Paulista


07/11/2019 - Motociclista é arremessado contra para-brisa de carro durante acidente em rodovia de Paraguaçu


07/11/2019 - Coletora de lixo se fere durante o trabalho, em Paraguaçu Paulista


06/11/2019 - Projeto poderá transformar Borá, Lutécia e Oscar Bressane em distritos de Paraguaçu


06/11/2019 - Comidinhas Delivery é inaugurada e possui cardápio repleto de delícias


05/11/2019 - Motorista perde controle da direção e atravessa canteiro em rodovia de Paraguaçu


05/11/2019 - Cursos gratuitos do Sindicato Rural Patronal estão com inscrições abertas


04/11/2019 - Carro pega fogo e chamas atingem plantação de cana, em Paraguaçu


04/11/2019 - Colégio Objetivo resgata a memória do rock em mais uma edição do Sarau


04/11/2019 - Loja exclusiva de calçados e acessórios femininos é inaugurada em Paraguaçu Paulista


01/11/2019 - Novembro Azul: 4 notícias importantes sobre câncer de próstata


01/11/2019 - 6 alimentos importantes para a saúde da mulher


31/10/2019 - Espaço Kids proporciona contato com a natureza e muita diversão para a criançada


31/10/2019 - Educação de Paraguaçu apresenta Projeto Zeladoria na Escola de Prefeitos


31/10/2019 - Saúde e Assistência Social encerram Outubro Rosa com momento de beleza e palestra


30/10/2019 - Três menores de idade são apreendidos após PM encontrar grande quantidade de drogas, em Paraguaçu


30/10/2019 - Escritor retrata anos vividos em Paraguaçu em livro lançado no último fim de semana


29/10/2019 - Betânia Turismo prepara excursão bate e volta para 'O Figueiral'


28/10/2019 - Casa da Amizade promove Festa Árabe beneficente no Rotary de Paraguaçu


26/10/2019 - Associação de Combate ao Câncer lança 3ª edição do Calendário Outubro Rosa


26/10/2019 - Neste feriado de 28 de outubro, a coleta de lixo será feita normalmente


26/10/2019 - Defesa Civil de Paraguaçu entrega telhas para famílias prejudicadas em temporal


25/10/2019 - Campanha de vacinação contra o sarampo termina nesta sexta-feira, dia 25


25/10/2019 - Assistência Social de Paraguaçu participa de seminário internacional sobre acolhimento familiar


24/10/2019 - Homem morto após atropelamento cometeu suicídio, segundo a polícia


24/10/2019 - Homem morre após ser atropelado por carreta em frente ao 'Lina Leuzzi', em Paraguaçu