25/10/2019 - PREVENÇÃO

Campanha de vacinação contra o sarampo termina nesta sexta-feira, dia 25

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Paraguaçu Paulista


Devem comparecer aos postos de saúde crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade.

 


A primeira fase da campanha de vacinação contra o sarampo termina nesta sexta-feira, dia 25, em Paraguaçu Paulista (Divulgação)

 

A primeira fase da campanha de vacinação contra o sarampo termina nesta sexta-feira, dia 25, em Paraguaçu Paulista. O público-alvo são crianças de seis meses a cinco anos que devem tomar a vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola.

No último sábado (19) ocorreu o “Dia D” de vacinação contra o sarampo e, independentemente do mutirão realizado em todo município, a campanha foi estendida até esta sexta-feira. De acordo com a informação da coordenadora da Vigilância Epidemiológica do Departamento de Saúde, Gisele de Oliveira, o objetivo do reforço é avaliar a situação vacinal do público-alvo formado pelas crianças de 6 meses a menores de 5 anos e completar a vacinação contra o sarampo, caso necessário.

“Alertamos que toda população com idade entre 6 meses e 59 anos deve tomar de duas a uma dose da vacina contra o sarampo. Dependendo da idade, se tiver dúvida ou se perdeu a carteira de vacinação, a pessoa deve procurar a unidade de saúde mais próxima de sua casa para podermos orientar”, alertou a coordenadora Gisele de Oliveira.

 

Outros públicos

A campanha também terá uma segunda fase, neste ano. Será focada em jovens de 20 a 29 anos e acontecerá entre os dias 18 e 30 de novembro, quando acontecerá outro “Dia D”. Esse grupo poderá receber a dose da tríplice ou da dupla viral (sarampo e rubéola), conforme a indicação do profissional de saúde.

Os municípios devem ainda seguir realizando ações de bloqueio diante da notificação de casos da doença.

A vacina é contraindicada também para pessoas imunodeprimidas e gestantes. Pessoas nascidas antes de 1960, na sua maioria, já tiveram a doença na infância e possuem imunidade (proteção) por toda a vida, não necessitando ser vacinadas, conforme diretriz do Ministério da Saúde. As pessoas que tiverem dúvidas quanto à imunização adequada devem procurar um posto, com a carteira vacinal em mãos, para que um profissional de saúde verifique a necessidade de aplicação, que ocorrerá de forma “seletiva”, ou seja, apenas em quem tiver alguma pendência.

O Programa Estadual de Imunização prevê que crianças e adultos, com idade entre um ano a 29 anos, devem ter duas doses da vacina contra o sarampo no calendário. Acima desta faixa, até 59 anos, é preciso ter uma dose. Não há indicação para pessoas com mais de 60 anos, pois esse público potencialmente teve contato com o vírus, no passado.

 

Cenário epidemiológico

O Centro de Vigilância Epidemiológica estadual realiza monitoramento contínuo da circulação do vírus. Neste ano, até o momento, há 6.861 casos confirmados laboratorialmente.

Considerando que o vírus já circula em todo o território paulista, conforme prevê no Guia de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde, a partir de agora o Estado passa também confirmar casos com base no critério clínico-epidemiológico (ou seja, com base em sintomas e avaliação médica), englobando outros 1.758 casos. Cerca de 57,1% do total de casos se concentram na capital. Neste ano, desde agosto, houve 12 mortes decorrentes de complicações pelo sarampo.

 


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


19/01/2020 - Atenção! Estrada de Paraguaçu de acesso ao Horto Florestal está interditada


18/01/2020 - Paraguaçuense de 05 anos morre vítima de AVC


18/01/2020 - Almira pede ajuda a deputados para que Trem Turístico volte a funcionar


18/01/2020 - Prefeitura de Paraguaçu intensifica fiscalização contra descarte irregular de lixo


18/01/2020 - Em parceria com a Prefeitura, Sebrae Móvel estará em Paraguaçu na quinta, dia 23


18/01/2020 - Fonte Luminosa de Paraguaçu ficará temporariamente desativada


17/01/2020 - Equipe formada pelos policiais Carlos e Coutinho é homenageada por destaque em ocorrências


17/01/2020 - Paraguaçu Paulista começa a receber vacina pentavalente


16/01/2020 - Janeiro Roxo é o mês de conscientização sobre a hanseníase


15/01/2020 - Acusado de distribuir drogas pela cidade, homem é preso em flagrante pela PM


15/01/2020 - Educação divulga resultado preliminar do processo seletivo para professores


15/01/2020 - Ano novo, velho hábito: descarte irregular de lixo


15/01/2020 - Turismo e Cultura de Paraguaçu realizam cadastramento de eventos para o ano de 2020


15/01/2020 - Defesa Civil de Paraguaçu orienta para previsão de chuvas nos próximos dias


14/01/2020 - Cursos gratuitos estão com vagas abertas no Sindicato Rural Patronal de Paraguaçu


14/01/2020 - Unicesumar oferece bolsa de estudo social


13/01/2020 - Chuva de 64 mm causa alagamentos e quedas de árvores em Paraguaçu


13/01/2020 - Garoto desaparecido é encontrado a cerca de 150 km de Paraguaçu Paulista


11/01/2020 - Ex-diretor do departamento de trânsito de Assis é preso suspeito de fraudar multas


11/01/2020 - Projetos sociais de Paraguaçu recebem apoio da Usina Cocal


11/01/2020 - Prefeita doa terreno para construção da sede do Centro de Artes Marciais Isaburo Suto


11/01/2020 - Conselheiros tutelares de Paraguaçu Paulista são empossados


11/01/2020 - Paraguaçu Paulista recebe R$ 100 mil para custeio da Saúde


11/01/2020 - Menino de 12 anos está desaparecido em Paraguaçu Paulista


10/01/2020 - Paraguaçuense é morto por causa de dívida de R$ 80


10/01/2020 - SP 284 ganhará novos pedágios em Paraguaçu Paulista e Rancharia


09/01/2020 - Paraguaçu Paulista passa a ter CEP por endereço


06/01/2020 - Posto de combustíveis é roubado durante a madrugada em Paraguaçu Paulista


06/01/2020 - Educação divulga gabarito oficial de processo seletivo para professores


06/01/2020 - Prazo para alistamento militar on-line já está aberto