28/11/2019 - ATÉ DIA 30

Saúde de Paraguaçu mobiliza a população contra a dengue

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura - Silvana Paiva


A mobilização está acontecendo até o próximo dia 30 de novembro em todo município.

 


“Como a transmissão não cessou, tivemos transmissão de dengue até mesmo no inverno, é importantíssimo que com o aumento do volume de água agora no verão, eliminemos os criadouros. É importante que intensifiquemos a vistoria para que, juntos, equipe de Saúde e população, eliminemos os focos de dengue”, convoca a diretora de Saúde, Cristiane Bonfim (Comunicação/Reprodução)
 

O apelo é um só: que a população desperte para a gravidade da situação e do papel que exerce no processo de prevenção e controle da dengue, chicungunha e zika, com a adoção de medidas simples que podem eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti.

Para tanto, o Departamento de Saúde de Paraguaçu Paulista está realizando uma mobilização contra a dengue em todo município, até o próximo dia 30, por ser em novembro o início do período de chuvas e, também, por logo mais iniciar o período de férias escolares, quando as pessoas viajam para outros municípios. “É importante que as pessoas olhem seus quintais, eliminem possíveis criadouros do Aedes, porque vamos entrar no período de transmissão da dengue com a chegada do verão”, destacou a diretora de Saúde, Cristiane Bonfim.

Como hoje não existe uma vacina para dengue, zika, chicungunha, ou alguma tecnologia inovadora pronta para ser utilizada imediatamente, a ação mais efetiva é eliminar os focos do mosquito Aedes aegypti.

Por isso, é importante fazer um grande apelo à sociedade: descarte corretamente latas, garrafas, embalagens de presentes, todo e qualquer recipiente que possa acumular água parada.

A convocação do Departamento de Saúde reforça que, apesar de contar cada vez mais com ações de sua equipe que sejam focadas na eliminação de focos do Aedes, a guerra contra o mosquito precisa de um trabalho mais efetivo que tenha o apoio da população, capaz de combater focos que continuam espalhados pela cidade.

É importante lembrar que uma fêmea do Aedes pode dar origem a 1,5 mil mosquitos durante a vida, segundo o Ministério da Saúde. Em 45 dias, um único mosquito pode contaminar até 300 pessoas e transmitir os vírus da dengue, zika ou chicungunha para muitas pessoas de um só bairro.

Um balde esquecido no quintal ou um pratinho de planta após uma chuva, podem facilmente se tornar um foco do mosquito. Portanto, é fundamental verificar se a caixa-d’água está vedada, a calha totalmente limpa, pneus sem água e em lugares cobertos, garrafas e baldes vazios e com a boca virada para baixo, entre outras ações que podem evitar o nascimento do Aedes.

“Como a transmissão não cessou, tivemos transmissão de dengue até mesmo no inverno, é importantíssimo que com o aumento do volume de água agora no verão, eliminemos os criadouros. É importante que intensifiquemos a vistoria para que, juntos, equipe de Saúde e população, eliminemos os focos de dengue. Daqui para frente até o mês de março, mês de epidemia da dengue, é importante que cada um faça seu papel. E nós estamos à disposição de todos para juntos lutarmos por Paraguaçu sem dengue”, ressaltou a diretora de Saúde, Cristiane Bonfim.

No Brasil

Dados do Ministério da Saúde indicam que durante o período de janeiro a agosto de 2019, foram registrados quase 1,5 milhão de casos dengue em todo o país, um crescimento de 599,5% em relação ao mesmo período de 2018.

Com taxas de incidência inferiores à da dengue, mas não menos preocupantes, os casos de zika e de febre chickungunya também aumentaram na comparação com o ano anterior. A primeira teve um incremento de 47,1%, totalizando 9.813 casos confirmados. Já os registros da segunda doença, 44,2% de aumento, com 110.627 casos.

Por isso, com a proximidade do verão, época do ano com maior risco de transmissão dessas doenças, se torna ainda mais urgente alertar a população sobre as ações de prevenção ao mosquito Aedes aegypti.

Bem adaptado às zonas urbanas, o Aedes aegypti se reproduz colocando ovos em locais com água parada. Portanto, uma das principais ações de prevenção ao mosquito é eliminar esses possíveis focos.

Abaixo, alguns cuidados que devem ser tomados para não criar ambientes propícios à reprodução do mosquito:

- Tonéis e caixas d’água devem estar bem fechadas;

- Fazer a manutenção periódica da limpeza das calhas;

- Armazenar garrafas com a boca para baixo;

- Utilizar tela nos ralos;

- Manter lixeiras sempre bem tampadas;

- Colocar areia nos pratos de vasos de plantas;

- Limpar os bebedouros de animais com escova ou bucha;

- Acondicionar pneus em locais cobertos;

- Eliminar água sobre as lajes;

- Fazer a coleta e eliminar detritos e entulhos em quintais e jardins.

 


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM


07/12/2019 - Prefeita reinaugura o Cine Teatro de Paraguaçu Paulista


07/12/2019 - Educação apresenta Cantata de Natal dia 10, terça-feira


07/12/2019 - Rua Irmã Gomes mudará mão de direção


07/12/2019 - Em parceria, Assistência Social promove curso de orientação à prevenção ao uso de drogas


07/12/2019 - Feira da Lua da Vila Gammon será nos dias 23 e 30 de dezembro


07/12/2019 - Cocal é uma das representantes do Acordo Ambiental de São Paulo lançado na Pré-COP25


06/12/2019 - Comércio de Paraguaçu Paulista começa a funcionar em horário especial nesta segunda-feira (09)


06/12/2019 - Prefeita Almira acompanha governador Doria em inaugurações na região de Paraguaçu


06/12/2019 - Fina Flor - Garden e Paisagismo é inaugurado e conta com mais de 200 espécies de plantas


05/12/2019 - Motociclista de 30 anos morre em acidente na rodovia Paraguaçu/Assis


05/12/2019 - Búfalas São João realiza 2º Curso de Mozzarella de Búfala Artesanal


05/12/2019 - Professor da Faculdades Gammon é o novo secretário de 'Economia Criativa'


05/12/2019 - Cadelinha está à procura do seu dono


04/12/2019 - Farma Center é reinaugurada em novo endereço


04/12/2019 - Homens armados e encapuzados roubam veículo em Paraguaçu e abandonam em Quatá


04/12/2019 - CDHU e Prefeitura entregam contrato de quitação de imóveis em Paraguaçu


03/12/2019 - Tiro de Guerra é homenageado pela Câmara Estadual dos Deputados


03/12/2019 - CmNet participa da entrega de cartilhas 'Guardiões do Trânsito'


03/12/2019 - Prefeita participa de seminário que reúne jovens e mulheres


03/12/2019 - Carreta da Mamografia começa a atender em Paraguaçu Paulista


02/12/2019 - Rock leva ao aborto e ao satanismo, diz novo presidente da Funarte, o paraguaçuense Dante Mantovani


02/12/2019 - Com apoio do helicóptero Águia, homem é preso por tráfico de drogas em Paraguaçu Paulista


02/12/2019 - Equipe PM recebe homenagem por sucesso em ocorrências no mês de outubro


30/11/2019 - Bees Gees Brazil se apresenta no Cine Teatro Lucila Nascimento


30/11/2019 - DIA D: Hoje tem vacinação contra o sarampo


30/11/2019 - Meio Ambiente notifica cidadão por descarte irregular de lixo


29/11/2019 - Motorista causa acidente em cruzamento de ruas no centro de Paraguaçu


29/11/2019 - Lutécia terá Noite Havaiana com entrada gratuita neste sábado (30)


29/11/2019 - Vacinação contra o sarampo será neste sábado, dia 30


29/11/2019 - Avenida Sete de Setembro será mão única em mais dois pontos