11/02/2012 -

O que é doença periodontal?


Para que possamos entender sobre a doença periodontal, primeiramente temos que saber o que é o “Periodonto”. Peri (significa em torno de) e odonto (dente), compreende os tecidos de sustentação dos dentes que é a gengiva, cemento radicular e ligamento periodontal.

A principal função do Periodonto é inserir o dente no tecido ósseo dos maxilares e manter a integridade da superfície da mucosa mastigatória da cavidade oral. O Periodonto, também chamado de “tecidos de suporte dos dentes” sofre determinadas alterações com a idade e, além disso, está sujeito a alterações morfológicas e funcionais, assim como alterações relacionadas com modificações dentro da boca.

A doença periodontal ou periodontite, é caracterizada clinicamente por alterações na cor e na textura da gengiva. Sendo sua cor normal rosa, ela começa a ficar vermelha e pode aparecer exsudato(pús). Como ela é uma doença silenciosa(não existe dor), o paciente não percebe, daí então ela continua progredindo causando assim a perda óssea. Na periodontite avançada já podemos encontrar mobilidade dental, e se não for tratada vai resultar na perda do dente.

A doença periodontal é causada por vários fatores. A condição necessária é a presença do agente microbiano mas,ele por si só não é suficiente para causar a doença, que vai depender de vários outros fatores, denominados fatores de risco ( deficiências nutricionais, estresse emocional, má higiene oral, técnica incorreta de escovação, algumas condições sistêmicas como o diabete mellitus, infecção por HIV) etc.

O possível papel das infecções periodontais como fator de risco para outras doenças sistêmicas também tem sido investigado em diversos estudos, em particular a associação entre a doença periodontal e a cardiopatia coronária. Uma segunda condição é o baixo peso ao nascer e ainda uma terceira  seria o diabete Mellitus.

Podemos concluir que a doença periodontal é bem complexa e que não pode deixar de ser tratada. O índice de perda dental como conseqüência da doença periodontal é muito maior que o índice de perda causado por carie dental.

Um simples esclarecimento ao paciente pode evitar a ocorrência da doença periodontal ou, se a doença já estiver instalada o tratamento e o acompanhamento periódico são essenciais.

 


Por Dra. Claudinéia Gonçales Francisco | CRO-SP 34067
Especialista em periodontia, Implantes, Endodontia e Dentística


Compartilhar:  


VEJA TAMBÉM