Além da 'baixa' audiência, Mestre do Sabor empaca comercialmente

A fuga de público do Mestre do Sabor já afeta o desempenho de Lady Night, de Tatá Werneck, exibido na sequência.


 
Não foi só a fuga de público. Globo não comercializou todas as cotas de Mestre do Sabor (Imagem: Reprodução/ Samuel Kobayashi / Gshow)

Que o desempenho de audiência de Mestre do Sabor está aquém do esperado não é novidade. O adendo é que, comercialmente, o reality culinário também empacou, mesmo com a Globo fazendo um reajuste mínimo. Esta coluna teve acesso aos valores com exclusividade.

Para efeito comparativo, em 2019, a emissora disponibilizou seis cotas, divididas em três categorias. Elas valiam, respectivamente, R$ 12.960.000, R$ 16.620.000 e R$ 19.840.000, e foram comercializadas para Seara, Santander, Uber Eats, Diageo, Nissan e Cacau Show.

Na atual temporada, o número de cotas foi mantido, mas a forma como elas foram divididas mudou. São duas cotas master, no valor de R$ 20 milhões cada. As outras quatro valem, individualmente, R$ 13.417.500. Apenas Seara e Santander renovaram. Elas ganharam a companhia da Cerveja Eisenban. As demais, por enquanto, não foram adquiridas.

A título de curiosidade, considerando-se apenas a soma das seis cotas de patrocínio, a Globo está deixando de ganhar dinheiro com o reality. Em 2019, elas valiam juntas R$ 99.140.000. Em 2020, esse montante caiu para R$ 93.670.000.

Fator audiência do Mestre do Sabor

Se, comercialmente, o panorama mudou, com a fuga de patrocinadores, em termos de audiência a situação continua exatamente a mesma. O Mestre do Sabor segue com desempenho pífio. Na ultima quinta-feira (7), por exemplo, o segundo episódio consolidou 16,7 ante 35,0 de Fina Estampa.

Na estreia, foram 16,3 ante 34,0 da novela em reprise. Vale a ressalva de que, em suas últimas quatro quintas-feiras, o BBB 2020 acumulou uma média de 29,2 pontos. Por isso, para os padrões da Globo, as expectativas eram de números mais altos.

Efeito cascata

A fuga de público do Mestre do Sabor já afeta o desempenho de Lady Night, de Tatá Werneck, exibido na sequência. As entrevistas com Fátima Bernardes e Chay Suede foram responsáveis pelos piores índices dessa temporada, com 9,8 e 8,6, respectivamente.

Para a próxima quinta, está prevista a reexibição do bate-papo com a agora global Larissa Manoela. Na época da gravação, porém, ela ainda era contratada pelo SBT.
 

DROGARIAS POUPAQUI


i7 Notícias i7 Notícias