Seca, úmida ou caseira; qual é a melhor comida para o seu cão?

O Whole Dog Journal criou uma lista de prós e contras dos diferentes tipos de comida para cachorros – ração (seca), caseira, enlatada (úmida) – para facilitar sua decisão.



Imagem de Mat Coulton por Pixabay© Fornecido por Pet é Pop Imagem de Mat Coulton por Pixabay

Cachorro pode comer comida caseira? Alimentos enlatados são mais saudáveis do que rações? Afinal, qual é a melhor comida para o seu cão? O Whole Dog Journal criou uma lista de prós e contras dos diferentes tipos de comida para cachorros – ração (seca), caseira, enlatada (úmida) – para facilitar sua decisão.

1. Comida caseira

Criar uma dieta de comida caseira para seu cão requer planejamento e dedicação.

Prós: fornece uma ampla variedade de alimentos e nutrientes saudáveis; a comida caseira coloca você no controle, ou seja, você sabe exatamente o que seu cão está comendo; os cães geralmente preferem o sabor de refeições caseiras; quando você faz a comida do seu cachorro do zero, os ingredientes são minimamente processados e frescos; refeições caseiras resultam em melhorias consideráveis para a saúde de muitos cães.

Contras: pode ser fácil negligenciar alguns ingredientes necessários para a saúde do seu cão; você precisará usar suplementos, as dietas caseiras exigem atenção especial aos requisitos de alimentação “completa e balanceada”; cozinhar para seus cães é definitivamente um investimento de tempo; alimentar seu pet com comida caseira é potencialmente mais caro.

2. Ração (seca)

Os benefícios desse tipo de dieta são muitos, o que explica por que tantas pessoas compram ração – e apenas ração – para seus cães.

Prós: geralmente, é a dieta mais econômica que você pode dar ao seu cão; é mais fácil de transportar e armazenar (por um período); a integridade nutricional está garantida, você não precisa se preocupar com deficiências; a ração seca para cães está disponível em uma ampla variedade de sabores, origem e custo; não requer preparação.

Contras: você deve confiar na empresa e no fabricante (se forem diferentes) quanto à qualidade dos ingredientes e processos de fabricação dos alimentos; geralmente, inclui ingredientes de baixa qualidade, como produtos à base de carne, adoçantes e conservantes; são alimentos tipicamente ricos em carboidratos; a qualidade dos ingredientes da ração seca varia, é quase impossível para o consumidor diferenciá-la; as datas de validade são importantes.

3. Alimentos enlatados (úmidos)

Ao lado das rações, os alimentos enlatados (úmidos) estão entre os preferidos dos donos de pet. Será essa a melhor opção?

Prós: são mais apetitosos para cães do que a ração seca; a maioria dos alimentos enlatados usa carnes frescas ou congeladas, em vez de carnes processadas (ou mais processadas); não há conservantes usados nos alimentos secos, mas duram bastante tempo; a comida úmida tende a ser menos pesada em carboidratos do que a comida seca; não requer preparação; a integridade nutricional está garantida.

Contras: você deve confiar na empresa e no fabricante (se forem diferentes) quanto à qualidade dos ingredientes e processos de fabricação dos alimentos; é comum ver produtos à base de carne em alimentos úmidos de baixa qualidade; rações enlatadas são, geralmente, mais caras do que rações secas; a substância BPA pode estar presente nas latas de alimentos para cachorro, é preciso olhar os rótulos com atenção; a comida úmida cheira mal para os humanos; pode conter muita gordura para alguns cães.

Lembre-se: nenhuma comida é melhor para todos os cães. Considere o estilo de vida e as necessidades de seu cachorro e use a lista de prós e contras para ajudá-lo a decidir qual tipo de comida seu pet deve comer regularmente. Você também pode alimentar seu animal de estimação com uma mistura de diferentes tipos de produtos para uma dieta mais variada.

DROGARIAS POUPAQUI


i7 Notícias i7 Notícias