Em Nantes, marido confessa que matou a esposa por não aceitar separação


Após ter a prisão temporária decretada pela Justiça, tratorista foi encontrado em fazenda pela Polícia Militar, mediante denúncia anônima
 

O marido da agente de saúde Mariana Paiano (foto), de 25 anos, assassinada na ultima quarta-feira (27), confessou ser o autor do crime. O acusado, que havia desaparecido desde o dia do crime, foi capturado na noite dessa quinta-feira (18), em uma fazenda, no município de Nantes.

Segundo a Polícia Militar, o tratorista Rogério Gomes da Rocha, de 36 anos, foi encontrado na Fazenda Santa Rosa, após uma denúncia anônima. Uma equipe foi checar a informação e acabou encontrando o acusado caminhando por uma estrada de terra. Ele acabou sendo reconhecido, preso e encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil de Iepê.

De acordo com o delegado da Polícia Civil que investiga o caso, Fábio Ferrão, o tratorista não foi levado para Nantes, pois, o crime causou comoção popular e o trabalho policial poderia ser prejudicado.

“Em seu depoimento, o rapaz explicou que o crime aconteceu após uma briga. Pelo relato do indiciado, elas eram constantes porque a mulher queria o término do relacionamento, mas ele não. Portanto, ele alegou que esse teria sido o motivo da nova desavença, bem como o assassinato”, relatou.

Após o relato, o suspeito foi indiciado por homicídio qualificado, por motivação fútil, e encaminhado para a cadeia de Presidente Venceslau. Por determinação da Justiça de Iepê, o acusado teve a prisão temporária decretada na tarde dessa quinta-feira (28).

“Agora nós temos um prazo de 30 dias para colher depoimentos das testemunhas, receber os laudos da perícia e necroscópico, para, então, pedir a prisão preventiva do acusado. Após esse procedimento, nós encerraremos o inquérito policial”, finalizou o delegado.


Entenda o caso

A servidora pública foi encontrada morta no chão do seu quarto pelo próprio filho, de dez anos de idade, nessa quarta-feira (27). O garoto chegava da escola quando se deparou com a mãe esfaqueada, com cinco golpes – quatro no abdômen e um na costela esquerda.

 

 

ifronteira.com



i7 Notícias
-->