Estudantes de medicina de Marília são presos após destruir orelhão



Quatro estudantes do curso de Medicina da Famema (Faculdade de Medicina de Marília) foram detidos pela Polícia Militar após serem flagrados destruindo um orelhão em plena região central da cidade no final da madrugada de ontem. Segundo a polícia, todos estavam embriagados. Eles foram ouvidos e liberados, mas responderão por dano.

O flagrante aconteceu por volta das 5h10. Os quatro jovens deixaram uma casa noturna da cidade e, no cruzamento das ruas Álvares Cabral com a Carlos Gomes, arrancavam o aparelho telefônico. Uma testemunha acionou a polícia que surpreendeu os estudantes.

Todos foram ouvidos pelo delegado plantonista Sebastião de Castro e liberados horas depois. Eles responderão pelo crime de dano e podem pegar até seis meses de prisão. Já Daniel, o motorista da turma, também foi indiciado por embriaguez ao volante e pode pegar três anos a mais pelo crime.

A direção da Famema, através de sua assessoria de imprensa, informou que ainda não foi notificada sobre o caso e assim que receber a ocorrência vai se pronunciar a respeito. Os envolvidos no caso não quiseram se manifestar.

FLORATA GELATERIA


i7 Notícias i7 Notícias