Forte chuva alaga vias, derruba fachada de loja e árvore na cidade de Assis



O temporal que durou cerca de 40 minutos no início da tarde de ontem foi suficiente para causar tumulto na cidade, dificultando a passagem de carros e ônibus nas principais vias de acesso. Bolsões de água se formaram em vias do centro e em várias regiões, e motoristas enfrentaram grandes congestionamentos nas ruas. O temporal que durou cerca de 40 minutos no início da tarde de ontem foi suficiente para causar tumulto na cidade, dificultando a passagem de carros e ônibus nas principais vias de acesso. Bolsões de água se formaram em vias do centro e em várias regiões, e motoristas enfrentaram grandes congestionamentos nas ruas.

Parte das avenidas Otto Ribeiro e Abílio Duarte de Souza ficaram debaixo d'água. Em algumas localidades onde não há coleta do lixo diariamente, o lixo se espalhou pelas ruas. Na Avenida Abílio Duarte de Souza, por exemplo, a água chegou a cobrir a roda dos carros. O mesmo aconteceu em trechos da Perimetral, segundo relatos de leitores que ligaram para a redação, preocupados com a intensidade da chuva, acompanhada de pedras.

Na Avenida Marechal Deodoro, a fachada de uma loja desabou. De acordo com os comerciantes, ninguém ficou ferido. Já na Raposo Tavares, a equipe de serviços da concessionária que administra a rodovia teve de pausar a obra de desbarrancamento às margens da via, ocasionado por uma forte chuva ocorrida há cerca de um mês.

O Corpo de Bombeiros informou à reportagem que, durante o período da forte chuva, houve apenas um chamado de emergência em razão da queda de uma árvore de médio porte na Rua Cândido Mota, nas proximidades da Secretaria Municipal de Saúde. A equipe de serviços da Prefeitura foi acionada para remover os galhos do local.

MATAHARI


i7 Notícias i7 Notícias