Trecho da Raposo Tavares em Assis se transforma em ponto de prostituição infantil


Ministério Público quer medidas para tirar esses menores da prostituição


Como mostrado na última quarta-feira, dia 10, na matéria da Tv Tem, o trecho da rodovia Raposo Tavares, em Assis, se transformou em ponto de prostituição infantil. Uma adolescente, que deveria estar na escola, mas com 16 anos já é mãe e passa os dias na Rodovia Raposo Tavares. Essa é realidade de uma jovem que é viciada em crack e se prostitui para sustentar o vício.

Em casa a mãe da menina vive um outro drama. Tudo que tinha de valor a filha já vendeu pra usar droga. Em um buraco no muro da casa fica um estojo e dentro estão os instrumentos que a menina usa para se drogar.

O conselho tutelar da cidade já chegou a internar a adolescente em uma clínica em Limeira, mas ela voltou pra rua depois que o local foi fechado por irregularidades.

O secretário de Assistência Social de Assis, Adriano Romagnolli, diz que a prefeitura e concessionária que administra a rodovia raposo Tavares, fazem campanhas de conscientização contra a prostituição infantil no trecho.

Já o conselheiro Márcio Ribeiro da Silva Lucena afirma que há dois anos o Conselho Tutelar não recebe denúncia de prostituição de menores no trecho da Raposo Tavares que passa por Assis.

Já ontem, dia 11, uma cópia da reportagem foi entregue ao Ministério Público Estadual. O órgão quer afastar das margens da rodovia as meninas que se prostituem. Mesmo assim a Polícia Rodoviária promete intensificar a fiscalização no trecho.

Tirar essas adolescentes do mundo das drogas seria uma maneira de afastá-las, também, da prostituição. Interná-las clínicas de desintoxicação, poderia ser um caminho, mas Assis não tem nenhuma instituição que faça esse trabalho. Pensando nisso, o Conselho Tutelar está buscando uma solução para o caso.

MATAHARI


i7 Notícias i7 Notícias