Polícia Federal prende advogados suspeitos de ligação com o tráfico em Marília


A Polícia Federal e o Ministério Público desmantelaram nesta terça, uma das maiores quadrilhas de tráfico de drogas do país e que era comandada de dentro da penitenciária de Avaré. Oito pessoas foram presas.

Orlando Marques dos Santos comandava o esquema de dentro da penitenciária.

Dois traficantes, cinco advogados e um empresário foram presos, no estado. Uma advogada foi presa em Cândido Mota. Com um dos presos, os policiais encontraram R$150 mil, parte em notas de dólares. Ao todo foram cumpridos durante a Operação Longa Manus, 13 mandados de busca e apreensão e oito de prisão temporária. Computadores também foram apreendidos e serão encaminhados à perícia.  

Os presos poderão ser indiciados por tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Durante a investigação, escutas telefônicas foram autorizadas pela justiça. E agora há pouco mais uma pessoa foi presa por envolvimento no esquema. Uma advogada de Araraquara, que foi presa em um hotel no Paraguai. Os presos serão levados para a sede da Polícia Federal, em Marília.

 

FLORATA GELATERIA


i7 Notícias i7 Notícias