Mulher pega carona e é estuprada em Marília


Crime aconteceu na madrugada de ontem; não há suspeitos

Uma mulher de 36 anos, identificada apenas pelas iniciais S.S.P.B., foi ameaçada e estuprada na madrugada de ontem nas proximidades dos apartamentos do CDHU do Nova Marília, zona sul. O agressor ainda não foi identificado pela polícia.
Segundo depoimento dado pela própria vítima ao delegado plantonista, Sebastião de Castro, por volta das 0h10, ela estava em um bar na região e conheceu o estuprador. Pouco depois, ele lhe ofereceu carona. Estava em uma moto, entretanto ela não soube descrever as placas ou características do veículo.

Durante o trajeto pela BR-153, o estuprador sacou a arma e ameaçou a mulher. Ele desviou o caminhou para uma estrada de terra e lá a violentou sexualmente.

Logo depois, o estuprador fugiu, deixando a vítima no local. Acionada, a Polícia Militar fez buscas em várias regiões da
cidade, porém nenhum suspeito foi encontrado.

O caso foi encaminhado à DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), que investiga. De acordo com o delegado Eduardo Tucunduva, a vítima ainda não foi ouvida, mas isto deve acontecer nos próximos dias. Ela também já passou por exames clínicos.

“Também precisamos do laudo do IML (Instituto Médico-Legal), que dirá se houve ou não o estupro”, diz. O documento deve ser expedido no prazo de 30 dias.

FLORATA GELATERIA


i7 Notícias i7 Notícias