Mariliense é morto em troca de tiros com a PM


Ele estaria envolvido com quadrilha que assaltava sacoleiros em Foz do Iguaçu


O mecânico mariliense Donald Ulisses da Silva, 24, foi morto durante uma troca de tiros com a Polícia Militar de Foz do Iguaçu (PR) no final da madrugada de sexta-feira (14). Segundo a polícia ele estaria envolvido com uma quadrilha que assaltava sacoleiros na divisa com o Paraguai e teria atacado os policiais militares durante uma perseguição.

Segundo informações da PM local, Donald e outros três comparsas agiram e renderam alguns compradores na região da Vila Portes. Em seguida, fugiam em uma Citroen C3, com placas de Piraju (SP), quando uma viatura policial deu ordem de parada aos suspeitos. Eles descumpriram e iniciaram a perseguição.

Pouco depois, os criminosos foram cercados nas proximidades de um posto de combustíveis. Donald, armado de revólver calibre 38, desceu do veículo atirando, segundo relato da PM. Ele foi alvejado. Em seguida, seus comparsas fugiram. O mariliense ainda foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

Seu corpo foi levado ao IML (Instituto Médico-Legal) da cidade, onde foi liberado pela esposa, Andréa Gomes Trindade da Silva, no domingo. Em depoimento, ela disse não saber o que o marido fazia em Foz do Iguaçu e que não o via há algum tempo.

O corpo de Donald foi sepultado ontem no cemitério da Saudade. Além da esposa, ela deixa o pai, Manoel José da Silva, e a mãe, Elza Pereira.

FLORATA GELATERIA


i7 Notícias i7 Notícias