LCD, plasma, LED ou tubo? Qual a melhor TV?



Está procurando a melhor TV? Bem hoje o consumidor tem a sua disposição Tv´s de tecnologias diferentes de renomados fabricantes, mas a grande dúvida na Hora de comprar é Qual vai me Satisfazer Mais? Aqui vou tentar explicar da forma mais prática possível a diferença destas tecnologias, mas lembre-se sempre que na hora de comprar analisar a relação custo benefício.

As tecnologias hoje disponíveis são a LCD, Plasma, Oled e CRT (a de Tubo, velha conhecida).

LCD: (Liquid Crystal Display) – É uma tecnologia onde a tela funciona como um anteparo que controla a passagem da luz, para formar a imagem. No TV de LCD, existe uma iluminação traseira (back light) atrás da tela de cristal liquido, feita por uma lâmpada tipo fluorescente. O melhor TV LCD atualmente são os Full HD por exibir a máxima resolução disponivel atualmente para TV.

Vantagens do LCD
- Baixo consumo de energia
- Melhor eficiência comparando-se com os antigos televisores de tubos (CRT)
- Menor desgaste da tela (Display)
- Este modelo de TV tem custo de manutenção menor do que os televisores de plasma e CRT
- Melhor geometria, Tela fina e leve.

Desvantagens do LCD
- A TV apresenta baixa resolução principalmente em vídeo composto analógico (TV a cabo)
- Ângulo de visão reduzido
- Iluminação mínima constante das partes pretas, reduzindo o contraste
- Falta de uniformidade da luz traseira provocando deformação da imagem.

TVs LCD com tecnologia IPS
A tecnologia IPS foi introduzida nas telas de TVs LCD no ano de 2007. Nas TVs LCD com IPS, os elementos de cristal líquido estão alinhados horizontalmente (paralelos à tela), ao contrário de outros sistemas, conhecidos como VA (Vertical Alignment = alinhamento vertical). Essa orientação geométrica permite que o sistema ofereça um suporte de 200Hz até 240Hz para a taxa de atualização (contra os 50Hz a 60Hz dos LCDs convencionais) e tenha uma imagem intensa e clara em função do seu pequeno tempo de resposta, ou seja, bem melhor que as TVs LCD sem esta tecnologia. Essa tecnologia evita o chamado efeito fantasma, caracterizado por embaçamento ou alteração de cores decorrente do chamado “afterimage” do objeto em movimento que persistia por alguns instantes na tela. Além disso, telas com IPS permitem ângulos bem abertos de visão, chegando a 178º, com cores e nitidez consistentes. A tecnologia consome aproximadamente 30% menos energia que as telas LCD comuns, uma vez que sua estrutura TFT (Thin-Film Transistor = transistor de filme fino) aumenta a taxa de transmissão de luz, reduzindo os níveis de energia necessários para a iluminação. Além disso, a LG Display desenvolveu o algoritmo optimal Power Control (OPC), que ajusta automaticamente o brilho de fundo da imagem. A nota ecológica do lançamento é que os produtos IPS não usam chumbo em seu processo de fabricação.

TV LCD de LED (Led TV)
É o mesmo TV de LCD, com uma modificação importante: a iluminação traseira, que no LCD convencional é feita por lâmpadas; no TV com LED, é feita por um painel de diodos emissores de luz, montado atrás do display de cristal Liquido. A tela é a mesma do TV LCD.

Vantagens
- Permanece com baixo consumo de energia
- Maior uniformidade da luz traseira
- Melhor resolução em vídeo componente e HDMI
- Profundidade ainda mais reduzida – os Leds ocupam menor espaço do que as lâmpadas (back light)

Desvantagem
- Também apresenta baixa resolução em vídeo composto analógico
- Como é uma tecnologia nova, o custo ainda está muito alto

TV OLED (Organic Light-emitting diodo)
Tela feita por polímeros, com material tipo orgânico, com emissão de luz própria. Pode-se fazer uma analogia com o vaga-lume, cujo estudo deu vida a essa tecnologia. Sistema ainda adotado somente pela Sony. Atenção não vá confundir este modelo com as TV Led, E CUIDADO COM VENDEDORES MAL INTENCIONADOS.

Vantagens
- Emissão e corte de luz pelas próprias células da tela. Não necessita de backlight adicional
- Melhor brilho e contraste
- Melhor ângulo de visão
- Tela fina e flexível
- Maior resolução
- Baixíssimo consumo

Desvantagens
- Custo ainda muito alto
- As telas ainda são reduzidas, não chegando a 40”
- A durabilidade da tela ainda é baixa e depende da evolução dos processos de fabricação.

TV de tubo (CRT- Cathode Ray Tube)
O tubo de imagem é uma montagem em um bulbo de vidro a vácuo, de três eletrodos (catodos) que aquecidos pela corrente elétrica emitem elétrons que são acelerados em direção a uma tela de fósforos. É necessário circuitos de alta tensão para fazer os elétrons chegarem até a tela, depois de passarem por uma máscara de convergência que corta a maior parte do feixe. A convergência significa assegurar que o feixe do canal verde atinja somente os fósforos verdes, e a mesma coisa para os feixes vermelho e azul.

Vantagens
- Emissão de luz na própria tela de fósforos
- Alto brilho e contraste
- Boa resolução
- Excelente ângulo de visão
- Baixo custo atual dos televisores maiores

Desvantagem
- Geometria – ocupam muito espaço
- Emissão eletromagnética
- Erros de convergência nos cantos da tela
- Desgaste dos catodos provocando variações nas cores e baixa vida útil do cinescópio.
- Maior consumo de energia

Agora que você já sabe as vantagens e desvantagens dos modelos de TV só resta escolher a melhor TV LCD, tubo, Plasma, LED ou as OLEDs para o seu ambiente e curtir.


Alexandre Buchianeri


i7 Notícias i7 Notícias