Saúde confirma segunda morte causada pela gripe H1N1 em Marília

A vítima é um homem de 73 anos, que residia no bairro Palmital.


A segunda morte causada pela gripe do tipo H1N1 foi confirmada pela Prefeitura de Marília.

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, a vítima é um homem de 73 anos, que residia no bairro Palmital, na zona Norte da cidade. Ele não tinha se vacinado.

O primeiro caso de morte por Síndrome Respiratória Aguda Grave na cidade foi registrado no dia 11 de abril e foi confirmado pela Prefeitura no dia 22 daquele mês. Também se tratou de um homem, de 39 anos, morador do Jardim Morumbi.

Segundo o balanço da Saúde, o levantamento aponta que já foram confirmados quatro casos da gripe Influenza, subtipo H1N1, e outros dez pacientes que aguardam o resultado dos exames médicos. 

 

Sintomas

O H1N1 causa os mesmos sintomas das outras versões do vírus influenza: febre alta, mal-estar, dor de cabeça, espirros e tosse. A diferença está no risco de complicações.

 

DROGARIAS POUPAQUI


i7 Notícias i7 Notícias