Dona de casa destruída por carreta deixou lugar minutos antes: 'Achei que fosse um avião'

Três imóveis foram atingidos em Ourinhos (SP). Boletim de ocorrência foi registrado na delegacia da cidade.


Três imóveis foram atingidos em Ourinhos (SP). Boletim de ocorrência foi registrado na delegacia da cidade.

 


Dona de casa destruída por carreta deixou lugar minutos antes em Ourinhos - Foto: Joice Pereira/Arquivo Pessoal

 

A dona da casa destruída por uma carreta desgovernada na noite de sexta-feira (24), em Ourinhos (SP), contou sobre o susto. Thays Santos Pereira, de 25 anos, relata que deixou a casa junto com a filha de dois anos segundos antes do acidente.

"Eu havia encomendado o leite da bebê na farmácia e, como estava demorando, decidi sair na frente de casa ver se o entregador já estava chegando. Ela [bebê] sempre costuma ficar em casa quando eu saio na rua, mas nesse dia eu levei ela comigo. Assim que pisamos para fora, o caminhão entrou", disse em entrevista ao G1.

Assustada, Thays contou que não entendeu o que estava acontecendo com o forte barulho causado pelo impacto.

"Primeiro achei que era acidente de carro na rua, depois achei que um avião tinha caído sobre a minha casa", comenta.

Além da casa de Thays, que ficou completamente destruída, a prima e vizinha, Joice Pereira, também teve a casa parcialmente destruída.

"Estava na sala e o caminhão entrou no quarto. Pensei que fosse um botijão de gás explodindo. Graças a Deus ninguém se machucou", relembrou.

As famílias afetadas estão hospedadas em hotel custeado pelo dono da carreta até quarta-feira (29). Após este prazo, a seguradora deve providenciar uma moradia às vítimas.

"Não temos onde ficar, perdemos tudo. Não tenho nem fraldas para trocar minha filha, sorte que o leite foi entregue pela farmácia. Alguns hóspedes do hotel nos ofereceram comida e roupas, pois perdemos tudo", acrescenta.

Segundo informações da polícia, o motorista trafegava pela Rodovia Mello Peixoto quando perdeu o controle, atravessou o canteiro central e invadiu os fundos da residência.

Ao G1, Thays afirmou que no momento do acidente, o motorista relatou que havia tomado um medicamento antialérgico minutos antes e dormiu ao volante. Um morador jantava na terceira casa atingida, mas conseguiu sair a tempo e não ficou ferido.

Um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de Ourinhos (SP) e as causas do acidente devem ser investigadas nos próximos dias.

 


Morador contou que por pouco ninguém foi atingido pelo caminhão em Ourinhos - Foto: Luan Francis de Almeida / Arquivo pessoal
 

DROGARIAS POUPAQUI


i7 Notícias i7 Notícias