Quatá tem mais de 60 casos suspeitos de dengue em 2020

Os principais criadouros são vasos com plantas, bebedouros de animais, calhas e objetos espalhados pelos quintais.


Os principais criadouros são vasos com plantas, bebedouros de animais, calhas e objetos espalhados pelos quintais

 


Quatá tem mais de 60 casos suspeitos de dengue em 2020

 

A Vigilância Epidemiológica de Quatá confirmou no último dia 23 de janeiro que a cidade registra 63 casos suspeitos de dengue.

A agente de controle de endemias, Elaine Costa de Sá, lembra da importância da limpeza dos quintais, caixa d'água, vasos de plantas e comedouro de animais, tudo onde possa ter acúmulo de água parada e proliferação do mosquito, e pediu para que todos fiquem atentos aos sintomas. "O mosquito gosta de água limpa e parada. Os principais criadouros são vasos com plantas, bebedouros de animais, calhas e objetos espalhados pelos quintais", disse Elaine.

A agente também pede que as pessoas ao reservar água da chuva, tenham cuidados redobrados com o recipiente que armazena a água. Elaine disse que muitos casos de dengue na cidade são relacionados a falta de cuidados com essa água. O correto é tampar o reservatório.

 

Sintomas

Os principais sintomas da doença são: febre alta (39°C a 40°C), dores de cabeça, cansaço, dor muscular e nas articulações, indisposição, enjoos, vômitos, manchas vermelhas na pele, dor abdominal (principalmente em crianças).

Caso apresente esses sintomas, recomenda-se não tomar nenhuma medicação por conta própria e procurar atendimento médico em um posto de saúde próximo.

 

DROGARIAS POUPAQUI