Adolescente de 16 anos internado com suspeita de coronavírus morre em Rancharia

O rapaz, que era morador do distrito de Gardênia, na zona rural da município, estava internado no Hospital e Maternidade de Rancharia.



Um adolescente de 16 anos morreu na noite da sexta-feira (27), em Rancharia com suspeita de Covid-19, a doença transmitida pelo coronavírus.

O anúncio oficial foi feito pela secretária municipal de Saúde, Ana Teresa Araújo, na tarde deste sábado (28).

O rapaz, que era morador do distrito de Gardênia, na zona rural da município, estava internado no Hospital e Maternidade de Rancharia.

A secretária informou que o hospital notificou o município na própria sexta-feira (27), informando que havia recebido o paciente com “sintomatologias graves”.

Ana Teresa explicou que o paciente ainda não tem o seu diagnóstico fechado, pois haviam suspeitas de várias doenças.

Ainda segundo a secretária, foram colhidos diferentes tipos de exames, entre os quais, inclusive, por medida de segurança, o de Covid-19, conforme orientação médica.

Os exames foram encaminhados para Presidente Prudente (SP) e ainda não existe previsão de quando ficarão prontos.

De acordo com a secretária, os familiares do adolescente estão protegidos e em quarentena.

Ela salientou que “foram tomadas as medidas conforme os protocolos orientados pelo Ministério da Saúde”.

Segundo o boletim epidemiológico oficial atualizado neste sábado (28) pela Prefeitura, Rancharia possui dois casos suspeitos de coronavírus na atualidade.

Ana Teresa também informou que terminou nesta sexta-feira (27) o prazo de quarentena ou isolamento social das 38 pessoas que tiveram contato com o deputado federal Cezinha de Madureira (PSD-SP), que testou positivo para o coronavírus.

Outras duas pessoas moradoras de Rancharia que viajaram recentemente à Itália também já tiveram o seu período de isolamento encerrado. 

 

DROGARIAS POUPAQUI


i7 Notícias i7 Notícias