Funcionários da Sabesp retomam greve


 

Os funcionários da SABESP - Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo retomaram a greve por tempo indeterminado no começo da manhã de ontem, dia 25.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Água Esgoto e Meio Ambiente do Estado de São Paulo (Sintaema). A decisão foi tomada em assembléia, na segunda-feira, após audiência no Ministério Público do Trabalho, sem apresentação de nova proposta por parte da empresa, mantendo a mesma apresentada semana passada, com reajuste de 5,05% sobre os salários e benefícios, manutenção das cláusulas sociais, pagamento de até uma folha para a participação nos lucros e resultados (PLR) de 2010 e 95% de garantia no emprego.

Renê Vicente dos Santos, presidente do sindicato, declara que 20% dos funcionários estão trabalhando em plantão mínimo, atendimento feito durante os fins de semana e feriados. Segundo ele, o abastecimento de água não foi afetado. O Sintaema reivindica reajuste de 25,34% para repor a inflação dos anos anteriores mais a correção pelo Índice de Custo de Vida (ICV), aumento real, duas folhas de pagamento com adicionais para PLR com distribuição igualitária e garantia no emprego para 100% do efetivo, entre outras reivindicações.

Eles também criticam os serviços realizados pelas terceirizadas contratadas pela empresa e afirma que a população está sendo prejudicada. A Sabesp diz que vê com naturalidade as negociações com os funcionários.


i7 Notícias i7 Notícias