Escolas e laboratório de informática são beneficiados com emenda de vereador Márcio da São José

Sete escolas receberam computadores para suas secretarias e a EMEF Prof. Sidney Gomes Salomão também recebeu os equipamentos para o seu laboratório de informática.



A entrega dos computadores para as secretarias das escolas foi realizada na quarta-feira (5), no auditório do Departamento de Educação, e contou com a presença do vereador Márcio da São José, da diretora de Educação, do ex-vereador César Kikei e das diretoras das escolas beneficiadas (Fotos: Depto. Educação/Cedidas)

Uma emenda impositiva de aproximadamente R$ 56 mil e de autoria do vereador Márcio da São José resultou na entrega, nesta semana, de computadores para as secretárias de sete escolas municipais, além dos computadores do laboratório de informática da EMEF Prof. Sidney Gomes Salomão.

A entrega dos computadores para as secretarias das escolas foi realizada na quarta-feira (05), no auditório do Departamento de Educação, e contou com a presença do vereador Márcio da São José, da diretora de Educação, do ex-vereador César Kikei e das diretoras das escolas beneficiadas.

Receberam os computadores as secretarias das escolas EMEF Coronel Antonio Nogueira, EMEF Prof. Antônio Mazzei, EMEF Prof. Sidnei Gomes Salomão, EMEF Prof. Osório Lemaire de Moraes, EMEF Prof. Célio Rodrigues Siqueira, EMEI Profª Marilda de Lima Faria e EMEF Profª Cleia Caçapava Silva.

Já na quinta-feira (06), foi inaugurado o laboratório de informática da EMEF Prof. Sidnei Gomes Salomão, também fruto da emenda impositiva do vereador Márcio da São José.

Nesta ocasião, estiveram presentes a prefeita Almira Garms, o vereador Márcio da São José, a diretora de Educação Elzinha Pacheco, a diretora técnica de área do Departamento Ana Paula Prada, a equipe gestora da EMEF Sidnei composta por Andreia Brazão, Andreia Guerino e Tatiane Camargo, Andreia Mourão representando os diretores das escolas municipais, a aluna da EMEF Sidnei, Yasmim Silva e sua mãe Adriana Silva, e o aluno Manoel Ostrosky, representando os demais alunos e pais da escola. A cerimônia foi restrita, para evitar aglomeração devido à pandemia da Covid-19.

Para o vereador Márcio da São José, a concretização do projeto foi resultado de uma união de esforços desde a equipe da Educação até a prefeita Almira Garms que aderiu à ideia da instalação do laboratório de informática na EMEF Prof. Sidnei Gomes Salomão. 

“Foi um esforço de muitas pessoas, eu sozinho não faço nada e é assim que as coisas acontecem, agora para que os alunos usufruir do laboratório. Ainda é pouco, mas temos nos esforçado junto aos deputados em busca de mais recursos para as áreas da Educação e da Saúde de Paraguaçu Paulista. E vamos olhar com bons olhos para essa realidade das escolas porque não tem mais como fugir da informática, que já era uma realidade e agora muito mais presente na nossa vida”, destaca o vereador Márcio da São José.

A prefeita Almira Garms salientou a ação do vereador Márcio da São José em benefício da Educação de Paraguaçu. “Por mais que seja uma verba que saia dos cofres da Prefeitura, foi através da emenda do vereador Márcio que viabilizamos a entrega dos computadores para as escolas e este laboratório de informática. Ele se interessou pela necessidade das escolas, das nossas crianças pelo acesso à informática e indicou a verba necessária para isso”, enfatiza a prefeita Almira.


A aluna da EMEF Prof. Sidnei Gomes Salomão, Yasmim Silva, já desfrutando do laboratório de informática, a qual “já era uma realidade e agora muito mais presente na nossa vida”, conforme destaca o vereador Márcio da São José (Foto: Silvana Paiva)

Emenda Impositiva

Com a Emenda Constitucional nº 86/2015, a função legislativa das Câmaras Municipais passa a gozar de novas ferramentas para auxiliar na organização orçamentária e para subsidiar a construção do planejamento estratégico do Município.

A Emenda Impositiva é o instrumento pelo qual os vereadores podem apresentar emendas à Lei Orçamentária Anual (LOA) destinando recursos do Município para determinadas obras, projetos ou instituições.

O valor das emendas é retirado de uma porcentagem do Orçamento Municipal e deve ser dividido igualmente entre os vereadores, sendo ainda, admitida a emenda parlamentar coletiva.
Lembrando que, conforme a Constituição Federal, todas as Emendas devem ser compatíveis com o plano plurianual e com a lei de diretrizes orçamentárias. As emendas devem ter o limite de 1,2% da receita corrente líquida do ano anterior, sendo que metade desse percentual, 0,6%, deve ser empregado em ações e serviços de Saúde, exceto despesas com pessoal e encargos.
 

DROGARIAS POUPAQUI


i7 Notícias i7 Notícias