Garota de programa é presa suspeita de matar vigilante a facadas em Echaporã

Segundo a Polícia Civil, jovem de 28 anos atingiu a vítima com vários golpes depois de cobrar uma suposta dívida de R$ 150 por programa sexual que teria realizado.


Um vigilante de 50 anos morreu na madrugada de segunda-feira (4) depois de ser esfaqueado em Echaporã (SP). Uma jovem de 28 anos foi presa como a suspeita de cometer o homicídio.

O crime aconteceu na noite de domingo (3) na Rua São Paulo, na região central da cidade. Segundo a Polícia Civil, a mulher atingiu a vítima com vários golpes de faca, segundo ela, depois de cobrar uma dívida de R$ 150 por um programa sexual que teria realizado com o homem. Em seguida, a mulher fugiu.

O homem foi socorrido e levado para o Hospital das Clínicas de Marília, mas não resistiu aos ferimentos e morreu durante a madrugada. A polícia realizou buscas pela suspeita, que foi localizada na Rua José Garcia e presa em flagrante na manhã de segunda-feira (4).

A faca utilizada no crime não foi encontrada e a mulher será investigada por homicídio duplamente qualificado, praticado por motivo fútil e por não dar chance de defesa à vítima.

No início da tarde desta terça-feira (5), a Justiça converteu a prisão em flagrante em preventiva e a suspeita, que não tinha antecedentes criminais, será transferida para a cadeia feminina de Pirajuí.
 


i7 Notícias i7 Notícias