Polícia investiga crime de maus-tratos após mulher abandonar filhote de cão em Assis

Câmera de segurança flagrou o momento do abandono e testemunha que fez o resgate registrou boletim de ocorrência. História ganhou as redes sociais e cãozinho já foi adotado.



Testemunhas flagraram atitude de mulher que abandonou o animal em uma rua de Assis - Foto: Câmera de segurança/Reprodução

A Polícia Civil de Assis (SP) vai instaurar um inquérito para apurar crime de maus-tratos e abandono de animal contra uma mulher que foi flagrada, por câmeras de segurança e testemunhas, abandonando um filhote de cachorro numa rua da cidade.

O caso aconteceu no último domingo (7), mas ganhou repercussão depois que começou a circular nas redes sociais o vídeo que mostra a suspeita parando o carro na Rua Santos Dumont, descendo com o animal nas mãos e o colocando na calçada. 

Enquanto deixava o cãozinho na calçada, um casal que percebeu a situação estacionou o carro logo à frente e questionou a suspeita sobre o caso.

Segundo relato do casal, que depois acabou fazendo o resgate do filhote, a mulher chegou a entregar uma carteira de vacinação, mas logo depois alegou que apenas parou o carro para verificar a situação e disse que não sabia de quem era o animal.

Ao ver a cena completa nas imagens de uma câmera de segurança de um estabelecimento da região, o casal decidiu registrar o boletim de ocorrência.

Segundo a polícia, a mulher já foi identificada e vai ser investigada com base na nova lei de maus-tratos e abandono de animais, sancionada em setembro do ano passado e que estabelece pena de dois a cinco anos de reclusão para quem praticar atos de abuso, maus-tratos ou violência contra cães e gatos.

O texto da nova legislação também prevê multa e proibição da guarda para quem praticar os atos contra esses animais.

Final feliz

A história que começou como mais uma de abandono e maus-tratos, acabou tendo um final feliz para o Paçoca, nome que o filhote de cão ganhou nas postagens que o ofereciam para adoção.

Um casal de Cândido Mota se comoveu com os apelos feitos nas redes sociais pelas pessoas que fizeram o resgate e adotou o cãozinho.

“Vimos o caso do Paçoca e nos comovemos. Adotamos e foi a melhor coisa que fizemos. Não se faz isso [abandonar] com ninguém ou com nenhum animal, isso é desumano e cruel. Ele agora é da família”, diz o novo tutor do filhote.


Polícia investiga crime de maus-tratos após mulher abandonar filhote de cão em Assis - Foto: Arquivo pessoal

DROGARIAS POUPAQUI 2


i7 Notícias i7 Notícias