Ex-gerente do BB de Paraguaçu perde filho após queda de avião

Erik Renato da Silva pilotava a aeronave que atingiu o alambrado do aeroporto pela asa, causando o acidente.



Erik Renato e o seu pai Renato Silva

O ex-gerente do Banco do Brasil de Paraguaçu Paulista, Renato Silva, perdeu o seu filho de forma trágica na última quarta-feira, dia 31. Erik Renato da Silva, de 21 anos, pilotava um avião e morreu após a queda da aeronave.

Erik Renato pilotava o avião na companhia de Fagner de Souza Toledo, de 22 anos.  O Corpo de Bombeiros informou que a aeronave modelo Explorer, prefixo PR-ZJW de Cáceres, estava em Tangará da Serra para serviço de manutenção.


Erik Renato da Silva, de 21 anos, e o passageiro, Fagner de Sousa Toledo, de 22 anos - Foto: Facebook/Reprodução

Após os reparos, os jovens faziam voo de volta à Cáceres. No entanto, pouco tempo após da decolagem, o piloto retornou e atingiu o alambrado do aeroporto pela asa, causando o acidente.

Erik era natural de Lins (SP) e Fagner de Cáceres (MT). O pai do piloto, Renato Silva, foi  gerente da agência de Paraguaçu Paulista do Banco do Brasil durante os anos de 2011 e 2013.

Segundo os bombeiros, após análise inicial da cena e averiguado o óbito das vítimas, a equipe fez o lançamento de liquido gerador de espuma (LGE) na aeronave, devido ao vazamento de combustível.

Em seguida, foi feito o desligamento da bateria pelos técnicos do aeroporto.

Uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) também esteve no local e realizou o trabalho de desencarceramento das vítimas.

Os corpos foram repassados à polícia para procedimentos cabíveis.

As causas do acidente serão investigadas pelo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa-6).


Avião de pequeno porte cai em aeródromo de Tangará da Serra - Foto: Guilherme Barbosa/TV Centro América

 


i7 Notícias i7 Notícias