Homem é vítima de golpe após trocar fotos íntimas em app

O motorista fez dois PIX para CPF distintos: um no valor de R$ 1 mil e outro de R$ 550.

Publicidade - OTZAds


O motorista fez dois PIX para CPF distintos: um no valor de R$ 1 mil e outro de R$ 550

Um motorista, de 53 anos, foi vítima de um golpe após trocar fotos íntimas com uma pessoa através do WhatsApp.

O caso foi registrado na Polícia Civil de Marília, nesta terça-feira (11), mas teria ocorrido em 6 de dezembro do ano passado.

A vítima contou que conversava pelo WhatsApp com uma pessoa que se identificava com o nome de Bruna. Logo após trocarem fotos nuas, outra pessoa que se identificou como advogado da mulher, começou a pedir que o motorista enviasse quantias em dinheiro.

O suposto advogado alegava que Bruna teria se arrependido de ter enviado as fotos e que, por isso, teria quebrado alguns objetos em sua residência, o que deveria ser ressarcido.

O motorista fez dois PIX para CPF distintos: um no valor de R$ 1 mil e outro de R$ 550.

A vítima foi orientada a imprimir as conversas e fotografias enviadas para auxiliar nas investigações da polícia.


i7 Notícias i7 Notícias