Mulher é presa em flagrante após atear fogo em outra

A jovem de 22 anos, que teve o rosto e o tórax queimados, foi transferida no fim de semana para a unidade de queimados da Santa Casa de Limeira.



A jovem de 22 anos, que teve o rosto e o tórax queimados, foi transferida no fim de semana 
para a unidade de queimados da Santa Casa de Limeira

A Polícia Militar prendeu em flagrante Lilian Aparecida Santos por atear fogo em outra mulher durante uma discussão motivada por ciúmes, na noite deste sábado (19), em Marília.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio. O crime teria ocorrido em um barraco, utilizado para o tráfico de drogas.

A acusada confessou na Central de Polícia Judiciária (CPJ) que “no calor da discussão” derramou álcool líquido na vítima, acendeu um fósforo e arremessou em sua direção.

A vítima estaria se relacionando com o ex-companheiro da acusada. Antes da tentativa de homicídio ambas estariam juntas usando drogas na companhia de uma terceira mulher, segundo relatos de testemunhas.

A jovem de 22 anos, que teve o rosto e o tórax queimados, foi transferida no fim de semana para a unidade de queimados da Santa Casa de Limeira. Em estado grave, a moça chegou a receber os primeiros atendimentos no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília (HC/Famema).
 

MATAHARI


i7 Notícias i7 Notícias