Funcionária de velório é presa suspeita de exigir pagamento de mais de R$ 1 mil por terreno

Vítima havia enterrado a mãe na segunda-feira e funcionária se aproveitou da situação para exigir que valor fosse pago direto a ela.



Vítima havia enterrado a mãe na segunda-feira e funcionária se aproveitou da situação 
para exigir que valor fosse pago direto a ela

Uma funcionária do Velório Municipal de Bastos foi presa em flagrante por suspeita de estelionato. Prisão ocorreu na tarde desta terça-feira (29).

Segundo informações da Polícia Militar, ela teria cobrado R$ 1.140,00 por um terreno e placa perpétua no cemitério de um homem, de 45 anos, que teria enterrado a mãe na segunda-feira (28).

Pelas informações do boletim de ocorrência, ao chegar ao escritório do velório, a vítima foi atendida pela funcionária que disse que o pagamento deveria ser entregue diretamente a ela. Ao sair do local, outra funcionária o explicou que o pagamento não deveria ter sido feito daquela forma.

Ainda de acordo com o B.O, o homem retornou ao Velório e questionou a mulher que havia exigido o dinheiro. Quando avisou que iria chamar a polícia, ela disse que devolveria o valor, o que foi feito com a chegada dos policiais militares.

Na Delegacia de Polícia Civil, o delegado fez a prisão em flagrante e a funcionária ficou à disposição da Justiça.

CACAU SHOW


i7 Notícias i7 Notícias