Polícia Civil apreende avião com 450 kg de crack 

A vigilância foi feita pelos policiais durante todo o último final de semana, nos dia 16, 17 e 18, até que os suspeitos foram até ao local para esperar a aeronave e descarregar a droga



 A vigilância foi feita pelos policiais durante todo o último final de semana, 
nos dia 16, 17 e 18, até que os suspeitos foram até ao local 
para esperar a aeronave e descarregar a droga

A Polícia Civil do Estado de São Paulo, por meio da 1ª Delegacia de Investigações Gerais – DIG - e com apoio do Grupo de Operações Especiais – GOE - DEIC-8 apreendeu nesta terça-feira (19), mais de 450 kg de crack que eram transportados em uma aeronave.  

Após receber informações da Polícia Civil do Estado do Paraná, a Polícia Civil paulista passou a trabalhar em conjunto e a apurar os relatos trazidos na notícia anônima recebida naquele estado. As inteligências de ambas as polícias conseguiram precisar o local e a forma onde a droga seria entregue. Trata-se de uma pista de pouso localizada na zona rural da cidade de Teodoro Sampaio (município a 200 km de Paraguaçu Paulista), em meio a uma grande plantação de cana-de-açúcar.

A partir dessas informações, os policiais descobriram as datas e horários em que a aeronave carregada com a droga faria o pouso, bem como a sua origem, tendo saído do Mato Grosso do Sul. 

Os investigadores também tinham conhecimento de que, antes da aeronave pousar, logo pela manhã, pessoas associadas ao grupo criminoso responsável pelo transporte da droga transitavam pela região, de forma a verificar se havia no local outras pessoas que poderiam testemunhar o pouso ou, até mesmo, se havia fiscalização policial. 

Os suspeitos eram os mesmos incumbidos de descarregar o avião e fazer seu reabastecimento. Os policiais ainda conseguiram apurar quais seriam os veículos que seriam usados no apoio logístico da transação ilícita.  

A Polícia Civil do Estado de São Paulo, em conjunto com os agentes paranaenses, infiltrou agentes em meio à plantação de cana durante a madrugada, quando a pista de pouso passou a ser vigiada.  

A vigilância foi feita durante todo o último final de semana, nos dia 16, 17 e 18, até que na manhã de terça-feira (19), os suspeitos foram até ao local e ali começaram a se preparar para o recebimento da droga e o abastecimento do avião. 

Os policiais aguardaram até o momento em que a aeronave pousou e começou a ser descarregada e, então, realizaram a prisão de um dos suspeitos. O piloto da aeronave conseguiu fugir.

Foram realizadas buscas pelo local, com apoio de uma aeronave policial, bem como de cães farejadores, porém, ele ainda não foi localizado.  

O suspeito que foi preso em flagrante foi indiciado pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.  

O avião e um dos veículos usados pela associação criminosa foram apreendidos e serão objetos de destinação pública e/ou leilão.  

De acordo com as informações da DIG/DEIC, a investigação prosseguirá para, também, serem apurados os crimes de organização criminosa e lavagem de capitais.  


Foram apreendidos mais de 450 kg de crack que eram transportados em uma aeronave


 

FLORATA GELATERIA


i7 Notícias i7 Notícias