Centro de Educação Ambiental de Paraguaçu é reaberto

Em visita, os alunos tiveram acesso à sala de exposição de animais silvestres, com a finalidade de discutir a importância da biodiversidade e preservação de espécies.



Em visita, os alunos tiveram acesso à sala de exposição de animais silvestres, com a finalidade de discutir 
a importância da biodiversidade e preservação de espécies

A semana do Meio Ambiente marcou a reabertura do Centro de Educação Ambiental localizado na Rodovia Kiujiro Marubayashi.

Entre os dias 1º e 9 de junho, mais de 270 alunos de 5º e 6º anos visitaram o local, acompanhados do quadro de educadores e coordenadora do Centro, com programação voltada para educação ambiental.

Entre as atividades estavam o cine pipoca com a exibição de curta-metragem que teve temática voltada para a preservação do meio ambiente.

Em seguida, os alunos tiveram acesso à sala de exposição de animais silvestres, com a finalidade de discutir a importância da biodiversidade e preservação de espécies que não se encaixam no grupo de animais domésticos.

Os alunos também tiveram acesso à trilha ecológica com intuito de observar a variedade de espécies presentes no fragmento de mata, além de conhecer espécies de árvores nativas que dificilmente são encontradas na cidade e, em alguns momentos, foi possível observar algumas espécies de animais silvestres que habitam o local.

Ao final da trilha, o passeio seguiu com visita ao Jardim Sensorial, com o objetivo de aumentar a interação dos alunos através do tato, olfato e paladar.

De acordo com os educadores e coordenadora do Centro, “a educação ambiental é de extrema importância para que os alunos entendam seu papel na proteção do meio ambiente e necessidade de coexistência, é através da educação que possibilitamos a expansão de práticas sustentáveis”. Pensando nisso, os alunos receberam, ao final da visita, a identidade de Protetor do Meio Ambiente, e se tornaram responsáveis por aplicar o conhecimento adquirido nos espaços que frequentam.

“O Centro de Educação Ambiental continua aberto após a Semana do Meio Ambiente para realizar atividades de educação ambiental com pessoas de todas as faixas etárias na busca da construção de uma Paraguaçu Paulista cada vez mais atenta às questões”, informaram os educadores e a coordenadora.
 


i7 Notícias i7 Notícias