PROERD forma quase 600 alunos em Paraguaçu Paulista

As atividades envolveram 13 escolas, das quais nove são rede municipal de ensino e quatro da rede particular.



As atividades envolveram treze escolas, das quais nove são rede municipal de ensino e quatro da rede particular

Nos dias 28 e 29 de junho de 2022, foram realizadas em Paraguaçu Paulista as formaturas do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência, o PROERD.

As cerimônias aconteceram no Teatro Lucila Nascimento e nos distritos de Roseta e Conceição de Monte Alegre e foram prestigiadas pelo alto escalão da Polícia Militar no Estado de São Paulo, contando com a presença do Coronel Adriano Aranão, comandante do CPI-8 (Comando de Policiamento do Interior), Major Luis Nelson Disaró, comandante do 32º BPMI (Batalhão de Polícia Militar do Interior), Capitão da PM, Ronny Emerson Gomes, comandante da 2ª Companhia de Policia Militar de Paraguaçu Paulista e 1º Sargento PM Pedro. Também estiveram presentes Antônio Takashi Sasada, Prefeito Municipal, Líbio Taiette Júnior, Chefe de Gabinete, o Subtenente Cristiano Nunes Dorneles, do Tiro de Guerra 02-049 de Paraguaçu Paulista; o José Roberto Baptista Junior, Presidente da Câmara Municipal, os vereadores Delmira, Daniel Faustino, Fábio Santos e Rodrigo Andrade, representantes do Conselho Tutelar, do Conseg local (Conselho Comunitário de Segurança) e do Ministério Público.

A realização do PROERD deve-se a um esforço conjunto da Polícia Militar, da Prefeitura e do Departamento de Educação, das escolas e famílias. Nos dois dias de evento, aproximadamente 600 alunos de escolas públicas da rede municipal e da rede particular participaram das formaturas.

Atuaram à frente do PROERD neste ano de 2022 como instrutores o Cabo PM Luiz Roberto Cortez e a PM Simone Quichabeira.

O PROERD desenvolve um conjunto de ações preventivas contra as drogas, a violência, e na prevenção do bullying, apoiando iniciativas com a família, estudantes e professores, de forma dinâmica, oferecendo várias atividades interativas. O intuito é encorajar as crianças a reconhecerem e resistirem às pressões que levam ao uso de drogas ou à prática de atividades violentas, ampliando suas alternativas positivas. Com isso, “É cultivado, dia após dia, o desenvolvimento das habilidades de comunicação, autoestima, tomada de decisões e resoluções de conflitos de forma pacífica”, observou o Cabo Cortez.

Na formatura, os alunos receberam o certificado de participação no Programa e foram premiados os estudantes que se destacaram, bem como as melhores redações. No encerramento das atividades, houve apresentação de música e o “Leão” Dare, mascote do PROERD, contagiou os presentes. 

A diretora de Educação, Paula Renata Bertho, esclareceu que “os participantes do Projeto foram os alunos do 5º ano, por ser considerada uma fase de muita curiosidade e abertura para novos conhecimentos, além de ser uma idade em que, na sua grande maioria, as crianças ainda não tiveram contato com as drogas. Assim, trata-se de uma ação preventiva social na formação das crianças”.
 


i7 Notícias i7 Notícias