Dois homens são presos em flagrante pela prática de roubo tentado de gado

De acordo ainda com o delegado Renato Pinheiro, as investigações continuam para descobrir a identidade do terceiro autor.



De acordo ainda com o delegado Renato Pinheiro, as investigações continuam para descobrir a identidade do terceiro autor

Ação conjunta entre a Polícia Civil e a Polícia Militar, em Martinópolis, resultou na prisão de dois homens, em flagrante, pela prática de roubo de gado tentado.

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, três indivíduos foram até a propriedade rural da vítima e, mediante violência e grave ameaça, amarraram as mãos e os pés da vítima e cobriram seus olhos com uma camiseta amarrada em seu rosto. 

De acordo com o relato da vítima, ela reconheceu um dos indivíduos como sendo um morador do bairro KM 10 e que já tem passagem por furto de gados. Após ser amarrada, a vítima foi colocada dentro do porta malas de seu veículo e posteriormente foi encaminhada até um galpão da propriedade.

Enquanto estava amarrada no interior do galpão, a vítima ouviu barulho de caminhões entrando em sua propriedade, sendo que logo após ouviu os caminhões saindo. Assim que a vítima conseguiu se desamarrar, pediu socorro a um conhecido de um sítio vizinho que informou que visualizou três caminhões entrando e saindo rapidamente de sua propriedade, informando que os caminhões eram de cor azul, vermelha e branca.

A vítima acionou a Polícia Militar de Martinópolis que abordou os três caminhões estacionados no trevo da cidade.

Os motoristas dos três caminhões foram unânimes em afirmar que foram contratados por uma mulher para embarcarem bois gordos que seriam encaminhados a um frigorífico na cidade de Ouroeste-SP. Quando foram embarcar o gado perceberam que algo estava errado, pois se tratava de “vacas paridas” e não de bois gordos. Diante da suspeita, os motoristas decidiram por não embarcar o gado.

A mulher que contratou os caminhoneiros esteve no local e disse que receberia os bois como pagamento de uma dívida com indivíduo morador da cidade de Martinópolis. Segundo a mulher, ela também foi enganada e não sabia que não seriam bois gordos e que o gado seria objeto de roubo.

De posse dessas informações, policiais civis e militares seguiram até a propriedade do suspeito e o prenderam em flagrante delito juntamente com um dos comparsas. Ainda em buscas, policiais civis obtiveram imagens de câmeras de monitoramento que auxiliaram o delegado Renato Pinheiro a  comprovar a participação dos autuados.

De acordo ainda com o delegado Renato Pinheiro, as investigações continuam para descobrir a identidade do terceiro autor, bem como para apurar o real envolvimento da mulher e do indivíduo que encomendou o carregamento dos bois.
 

ÓPTICA JOVEM


i7 Notícias i7 Notícias