Manifestante é preso com arma de fogo em rodovia da região

De acordo com a PMR,  não havia nenhum ponto de interdição ou manifestação na área da 3ª Companhia de Ourinhos no início da manhã de hoje.



De acordo com a PMR,  não havia nenhum ponto de interdição ou manifestação na área da 3ª Companhia de Ourinhos no início da manhã de hoje

Em um dos pontos de manifestão pró-bolsonaro, em protesto ao resultado das eleições, um dos manifestantes foi preso com arma de fogo em rodovia da região.

A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar Rodoviária durante a chamada “Operação Sufoco”, que tem como objetivo o controle das manifestações que acontecem pelas estradas da região.

O homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo na rodovia SP-225 em Santa Cruz do Rio Pardo-SP, na tarde desta quarta-feira (2). Ele carregava na cintura uma pistola Taurus, modelo G2C, calibre 9mm, com 12 munições intactas. 

A Polícia também apreendeu o veículo que o indiciado conduziu até o local da manifestação, que estava carregado com pneus. A carga, de acordo com o boletim de ocorrência, seria utilizada nos protestos.

O indivíduo foi preso em flagrante e conduzido até a CPJ de Ourinhos. Foi estipulada uma fiança de R$ 4.200,00. O valor foi pago e o indiciado irá responder pelo crime em liberdade.

Também de acordo com a Polícia Militar Rodoviária, em informação divulgada por volta das 6 horas desta quinta-feira (30),  não havia nenhum ponto de interdição ou manifestação na área da 3ª Companhia de Ourinhos. “Todos os pontos foram liberados ontem”, ou seja nesta quarta-feira, afirma a PMR em nota.
 


i7 Notícias