Em Iepê, fazendeiro é multado em R$ 312 mil por deixar gado morrer de fome e sede

A Polícia Militar Ambiental encontrou ao menos 32 bovinos mortos espalhados pela propriedade.



A Polícia Militar Ambiental encontrou ao menos 32 bovinos mortos espalhados pela propriedade

Um fazendeiro de 44 anos de idade foi multado em R$ 312 mil reais pela Polícia Militar Ambiental, essa semana, no município de Iepê.

A autuação foi resultado da fiscalização ‘in loco’ a uma denúncia anônima, recebido na sexta-feira (4), versando sobre “maus tratos a animais bovinos em uma fazenda no município de Iepê”.

Segundo nota de imprensa da Polícia Ambiental, no local, “os policiais encontraram vários animais bovinos da raça nelore em situação de maus tratos e alguns mortos”.

Ao menos 40 bovinos foram encontrados com extrema magreza, sendo sete “já caídos por desnutrição”; e “32 bovinos mortos esparsos pela propriedade”.
 
Liberado 
Diante da constatação foi lavrado um auto de infração ambiental com base no artigo 29 da SIMA-05/2022, "por praticar ato de maus tratos a bovinos”, no valor de R$ 312 mil.

O proprietário, um fazendeiro de 44 anos, foi encaminhado à Polícia Civil, e o delegado que atendeu o caso decidiu por ouvir e liberar o acusado, sem fazer o flagrante.

Os animais vivos foram apreendidos “e depositados na propriedade, sob responsabilidade do envolvido”.

ÓPTICA JOVEM


i7 Notícias