Jovem é morto a tiros em condomínio na zona sul em Marília

Vítima foi identificada como Kaique Junior dos Santos Morais Gomes, de 18 anos. Local do homicídio é conhecido pelo intenso tráfico de drogas e outros crimes violentos já foram registrados ali.



Vítima foi identificada como Kaique Junior dos Santos Morais Gomes, de 18 anos. Local do homicídio é conhecido pelo intenso 
tráfico de drogas e outros crimes violentos já foram registrados ali

Um rapaz foi morto a tiros no condomínio Conjunto Habitacional Paulo Lúcio Nogueira, conhecido como CDHU, na zona sul de Marília, na noite desta quinta-feira (17). Ele foi identificado como Kaique Junior dos Santos Morais Gomes, de 18 anos.

A Polícia Militar foi acionada, por volta das 20h30, até o bloco G3 do condomínio popular localizado na Rua Mario Bataiola, com a informação de que havia ocorrido um homicídio no local, segundo o boletim de ocorrência.

Quando a equipe chegou ao local encontrou o corpo de Kaique, que foi atingido disparos de armas de fogo. Muitas pessoas estavam nas proximidades, mas ninguém soube informar características do autor dos disparos. Ainda de acordo com a polícia, no local não existem câmeras de segurança.

A esposa da vítima foi ouvida pelos policiais militares. Ela contou que estava em sua casa quando recebeu uma ligação com a informação sobre o que havia acontecido com o marido.

A perícia esteve no local, assim como equipe da Polícia Civil. O local é conhecido como ser um ponto de tráfico de drogas e por isso o trabalho de investigação teve dificuldade para levantar informações sobre o crime. No condomínio também já foram registrados outros crimes.

Não foram apreendidos objetos nas proximidades do corpo, que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para a realização de exame necroscópico.

O caso foi registrado como homicídio e a investigação vai ser comandada pela Delegacia de Investigação Gerais (DIG).

ÓPTICA JOVEM


i7 Notícias i7 Notícias