Curta-metragem produzido por paraguaçuenses é apresentado na 26ª Mostra de Cinema de Tiradentes

Rodado em Paraguaçu Paulista, “Voto Nulo” tem direção de Gustavo de Carvalho e produção de Luísa Cação.



Rodado em Paraguaçu Paulista, “Voto Nulo” tem direção de Gustavo de Carvalho e produção de Luísa Cação 

O curta-metragem “Voto Nulo” foi selecionado para a 26ª Mostra de Cinema de Tiradentes (MG), considerado um dos mais tradicionais eventos voltados para o audiovisual no Brasil e acontece até o dia 28 de janeiro de 2023, próximo domingo. 

Em nove dias de programação intensa e gratuita, serão exibidos 134 filmes em 57 sessões de pré-estreias e mostras temáticas em três cinemas instalados na cidade – Cine-Praça, Cine-Tenda e Cine-Teatro. Entre os filmes, está “Voto Nulo”.

Na plataforma do evento www.mostratiradentes.com.br, o público poderá assistir a 40 filmes da programação e acompanhar os debates que serão disponibilizados para acesso gratuito, de qualquer lugar do mundo. A seleção de 134 filmes, vai apresentar a força da cinematografia brasileira contemporânea.

“Voto Nulo”

Trata-se de um drama que conta com uma personagem lutando contra a corrupção política com as próprias mãos. A produção contou com dezenas de figurantes e voluntários que atuaram numa cena em grande escala no clímax do filme rodado em Paraguaçu Paulista.

Com direção de Gustavo de Carvalho e produção de Luísa Cação, o filme conta com atores e não-atores em uma narrativa dramática centrada numa corrupta campanha política durante as eleições municipais. 

Trata-se de um drama que apresenta várias alusões e significações referentes à eventos recentes na política brasileira. Conta a história de Duda, uma adolescente que lida com o recente desaparecimento da mãe, que é uma vereadora da cidade e ao mesmo tempo enfrenta a perseguição dos membros de uma corrupta campanha de um candidato à reeleição para prefeito.

Com a direção do Gustavo de Carvalho, e produção de Luísa Cação, quem se apresenta em frente às câmeras como protagonista é a atriz Duda Góes, 18, que faz sua estreia no audiovisual. Além disso, o curta conta com não-atores e moradores de Paraguaçu Paulista que se mobilizaram para criar uma grande cena de carreata onde acontece o clímax do filme. 

O diretor Gustavo Carvalho relatou que cenário de grande escala é algo raro para um curta-metragem. “A cena contou com a avenida principal [Avenida Paraguaçu] fechada para a filmagem, a participação de dezenas de figurantes e mais de 25 carros em cena”, disse.

A realização do filme foi feita através de recursos da lei de incentivo Aldir Blanc e é uma produção da UFO Filmes.

“Voto Nulo” foi finalizado em 2022, passou pelo Festival de Cinema de Arapiraca, em Alagoas. Também foi exibido no Brave Maker Film Festival, na Califórnia, no 16º Festival Internacional Cine BH e na 26ª Mostra de Cinema de Tiradentes, no Cine-Tenda, foi exibido nesta segunda-feira (23), às 16h. 

Serviço
“Voto Nulo, 15”, Brasil, 2022
Direção: Gustavo de Carvalho - @gustavocarvalhos Produção: Luisa Cação - @luisapelegrini
Elenco: Duda Goés, Thami Taylan, Lucas Guido, Luis Felipe Talachia, João Bacca

 


i7 Notícias