Inovação nas rodovias: Eixo SP lança sistema Free Flow 100% nacional

Tecnologia nacional promete revolucionar a experiência de viagem, oferecendo maior fluidez e segurança


Na busca contínua por melhorar a eficiência dos serviços rodoviários e a experiência dos usuários, a Eixo SP, concessionária de rodovias, está na vanguarda da inovação tecnológica. A empresa, em parceria com destaque do setor tecnológico e de transportes nacional, está desenvolvendo um sistema de cobrança eletrônica Free Flow completamente brasileiro, visando aprimorar ainda mais o fluxo nas rodovias que administra.


Sistema Free Flow promete eliminar a necessidade de paradas em praças de pedágio. 

Inspirado na eficácia do Sistema de Pesagem em Movimento (WIM), implementado na SP 310 - Rodovia Washington Luís, que permite a pesagem dos veículos em trânsito e contribui para a coibição do excesso de peso, o novo sistema Free Flow promete eliminar a necessidade de paradas em praças de pedágio. A experiência anterior com o WIM já demonstrou como a tecnologia pode agilizar o tráfego e aumentar a segurança, com caminhões só sendo direcionados para a pesagem em casos de suspeita de irregularidade.

O Free Flow, desenvolvido em colaboração com a Fiscaltech e a ConectCar, utiliza câmeras, sensores e inteligência artificial para capturar e processar dados veiculares, permitindo a identificação completa do veículo em movimento. Esse sistema promete trazer uma cobrança mais eficiente e sem filas, além de representar um avanço importante para a segurança e comodidade dos usuários das rodovias.

Além de minimizar o tempo de viagem, reduzindo as paradas obrigatórias, o sistema desenvolvido oferece uma solução completa, desde a captação dos dados até o processamento das transações e o pagamento, seguindo rigorosos padrões de segurança e transparência.

Embora o sistema esteja em fase de testes como prova de conceito nas rodovias administradas pela Eixo SP, o diretor-presidente da concessionária, Sergio Santillan, destaca o potencial de implementação futura do Free Flow. Ele reforça que, mesmo que não haja planos imediatos para a implementação efetiva da cobrança através desse sistema, a possibilidade permanece aberta, visando sempre aprimorar a experiência dos motoristas e a eficiência dos serviços.

Essa inovação da Eixo SP alinhados com as exigências da Artesp e as necessidades dos usuários passa a contribuir para um futuro mais conectado e eficiente para as rodovias brasileiras.



i7 Notícias
-->