Jovem de 22 anos morre em confronto com policiais militares em Assis

Polícia alega legítima defesa durante abordagem; caso será investigado.



Eduardo da Silva Firmino recebeu dois tiros de um dos policiais

Um jovem de 22 anos foi morto a tiros durante um confronto com policiais militares após supostamente reagir a uma abordagem em Assis (SP), na segunda-feira (27).

De acordo com os policiais, eles tentaram abordar uma motocicleta com dois suspeitos, mas os ocupantes não obedeceram à ordem de parada e fugiram. A dupla abandonou a moto perto de um pasto e correu em direção a uma área de mata. Um dos suspeitos conseguiu escapar, enquanto o outro, Eduardo da Silva Firmino, foi alcançado pelos policiais.

Segundo os PMs, Eduardo reagiu e agrediu os policiais durante a tentativa de detenção, momento em que um dos oficiais, alegando legítima defesa, disparou duas vezes contra ele, enquanto um segundo policial também efetuou dois disparos. O jovem morreu no local.

A polícia apreendeu a motocicleta e uma arma calibre 22, que supostamente pertencia ao jovem morto. As armas dos policiais envolvidos também foram recolhidas e serão submetidas a perícia. Eduardo da Silva Firmino tinha antecedentes criminais por furto.

A Polícia Civil instaurou um inquérito para esclarecer os fatos e identificar o segundo suspeito que fugiu durante a abordagem. A Corregedoria da Polícia Militar vai conduzir uma investigação administrativa sobre o caso.

As informações são do G1.
 



i7 Notícias
-->