Assis tem primeira morte por dengue; vítima é uma jovem

A Saúde Municipal ainda averigua o óbito, confirmado pela família como sendo dengue hemorrágica.


Na noite de ontem, 04 de junho, Assis registrou seu primeiro óbito decorrente de complicações da dengue. Camila Borges, de apenas 27 anos, foi internada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), porém não resistiu. Ela aguardava transferência para o NAR - Núcleo de Atendimento Referenciado, mas não houve tempo. 

Camila, que enfrentou sintomas severos da dengue, viu seu estado de saúde piorar rapidamente, levando à sua internação. Apesar dos esforços incessantes da equipe médica, ela morreu, deixando familiares e amigos profundamente abalados com sua partida precoce. De acordo com um familiar, a causa da morte foi dengue hemorrágica, contudo, a Secretaria Municipal de Saúde de Assis ainda investiga o caso. 

Camila era conhecida por seus hábitos saudáveis ​​e por ser praticante de vôlei de praia. Filha única, era solteira e tinha um namorado. 

O corpo é velado em Oscar Bressane, onde ocorrerá o sepultamento, às 17 horas de hoje. 

Esta fatalidade sublinha a urgência da prevenção e do combate ao mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti.



i7 Notícias
-->